Mídias Sociais

Cidades

Meio Ambiente de Tamoios, distrito de Cabo Frio é mais uma vez ignorado

Avatar

Publicado

em

 

Antigamente quem andava por Tamoios, distrito de Cabo Frio, sem dúvida encontraria um Mico-Leão-Dourado, uma jiboia ou mesmo um gambá, além de uma flora de dar inveja. Mas, infelizmente, hoje em dia, o cenário é outro. Para encontrar um desses animais é necessário ter muita sorte. Com o desmatamento crescendo, muitos não só estão quase extintos, como estão tentando ficar cada vez mais escondidos.
E infelizmente, a atenção para essa área é bem pequena. Assim como a consciência da população. É mais comum do que se deveria ser, pessoas invadirem a área que deveria ser de preservação ambiental para construção de casas ou mesmo comércios. Tornando a área verde cada vez mais escassa.
Késsia Cristina, que mora há mais de dez anos em um dos loteamentos da Rua das Pacas, conta que uma vez viu uma jiboia de pelo menos cinco metros, a imagem nunca lhe saiu da cabeça. “Era literalmente uma cena de filme. Aquele animal enorme, descansando em uma arvore. Ela deveria ter comido algum animal, não muito pequeno porque sua barriga estava enorme. Infelizmente, hoje são só lembranças. No caso da cobra, fiquei sabendo que alguém a matou intencionalmente. Mas, temos os outros animais, que as pessoas matam ao invadir o espaço deles”, lamentou a moradora.
Apesar de ocasionalmente haver alguns operações para desapropriar espaços invadidos na área de preservação, são mais de vinte anos, que o meio ambiente de Tamoios foi deixado de lado. E recuperar isso é praticamente impossível.
“Ouvimos por diversas vezes e por diversos governantes a promessa de cuidar do Meio Ambiente de Tamoios. Mesmo que não fosse pelo fato de cuidar, mas para explorar o turismo ecológico, que é um setor em desenvolvimento. Temos uma riqueza aqui incontável, que estamos perdendo por irresponsabilidade tanto da administração municipal, quando da própria população. Nossos netos e bisnetos é quem vão sofrer com isso”, lamentou Lenon Castro, que também chegou ao distrito, quando existia força no meio ambiente.

Meio Ambiente de Tamoios é esquecido até nas ações em comemoração à Semana do Meio Ambiente - A Prefeitura de Cabo Frio, em ação conjunta com a Secretaria Municipal de Meio Ambiente (SEMA), está realizando ações em comemoração à Semana do Meio Ambiente, que começou nesta quarta-feira,01, em diversos pontos da cidade, exceto em Tamoios.
As atividades que tem como objetivo principal a conscientização ecológica da população, contam com doação de mudas na Praça Porto Rocha, mutirão de plantio de mudas nativas no Foguete, em parceria com a Associação de moradores do bairro, revitalização do Bosque do Caminho Verde e recuperação de áreas degradadas do bairro.

Vereador apresentou propostas ligadas ao Meio ambiente do Distrito - O vereador Dr. Adriano já apresentou algumas ideias que podem virar projetos e algumas indicações que ele fez na Câmara, para desenvolver o turismo no 2º distrito. De acordo com o vereador Tamoios é banhado pelo Oceano Atlântico e pelo Rio São João, possui áreas de preservação ambiental como a reserva do Mico Leão Dourado e o Parque da Preguiça, abriga animais que correm risco de extinção e possui uma diversidade de fauna e flora difícil de se encontrar no estado do Rio. Além de possuir a maior usina de álcool do Brasil e de ser um importante centro de pesca. Mas mesmo com todas essas qualidades geográficas e naturais, até o momento ninguém enxergou o potencial turístico que o distrito possui.
“Nós temos que buscar o turismo que traga recursos para o município. Aumentar a arrecadação, gerar empregos e ser referência em turismo no Brasil. Nós vivemos em uma cidade turística onde o turismo é pessimamente utilizado”, ressaltou o vereador, que almeja conseguir contribuir para o desenvolvimento do Ecoturismo na localidade.

Thaiany Pieroni

Mais lidas da semana