Mídias Sociais

Cidades

Acidentes na Rodovia Amaral Peixoto continuam alarmando moradores de Tamoios, distrito de Cabo Frio

Avatar

Publicado

em

 

O crescimento desordenado de Tamoios, distrito de Cabo Frio, tem diversos impactos diretos na vida dos moradores, dentre eles a situação da Rodovia Amaral Peixoto. A via de fluxo intenso com pouca sinalização, quase nenhuma iluminação e estrutura defasada pode ser fatal a qualquer pessoa, e tem sido. Diversos acidentes são registrados, quase que diariamente sem que providências sejam tomadas.

Somente no último fim de semana, pelo menos cinco acidentes foram registrados, um deles com uma vítima fatal.  E infelizmente, casos assim se tornaram rotina na localidade, que foi apelidada de “Rodovia da Morte”. Apesar de o assunto ser urgente, há um longo tempo os moradores brigam por ações e não conseguem respostas.

Isabel Cristina, que é moradora do distrito há mais de dez anos conta que não há mais condições de atravessar a Rodovia e que só quem não passa pelo local, não sabe desse problema. “Ficamos muito tempo para conseguir atravessar a pista. Depois de muitas mortes, colocaram os verdinhos, mas eles não dão vasão, isso sem falar que a noite, que é a pior hora para atravessar, eles já não estão mais na rua. O que precisamos  é de uma estrutura de cidade, que é o que nos tornamos. Com semáforos, faixas de pedestres, desvios e tudo mais, assim como Macaé, por exemplo”, explicou a moradora.

Os motoristas também temem transitar pela Rodovia e almejam uma estrutura mais adequada. “Os governantes não perceberam que aquele distrito que só tinha mato cresceu e muito, além disso, somos via de acesso para outras inúmeras cidades da Região. E temos uma péssima estrutura. Entradas e saídas mal planejadas, sem sinalização, que somam com a imprudência de muitos motoristas e levam vidas de pessoas de bem; Quantas pessoas serão necessárias morrer para que as autoridades enxerguem isso?”, desabafou o motorista Anderson, que fica horrorizado toda vez que precisa transitar pela Rodovia.

As promessas são inúmeras, desde reuniões com o DER até divulgação do prefeito, que duplicaria a Rodovia assim que o empréstimo saísse. Mas providências, que são necessárias de fato, não acontecem.

 

Mais lidas da semana