Mídias Sociais

Cidades

Macaé realiza reunião visando 5ª Conferência Municipal da Cidade

Avatar

Publicado

em

 

 

Tunan Teixeira

Nesta segunda-feira, 16, a Prefeitura de Macaé realizou uma reunião com representantes de bairros e entidades para tratar da 5ª Conferência Municipal da Cidade, que acontece nos dias 20 e 21 deste mês, no auditório da Cidade Universitária.
No encontro, foram passadas algumas informações sobre o evento, que, nacionalmente, está em sua 6ª edição, e tem como tema “A cidade inclusiva, participativa e socialmente justa”. Para a Secretária Adjunta de Gestão Estratégica, Gisele Muniz, a Conferência é mais uma ação de transparência, que tem sido uma marca do Governo Aluízio.

“Só essa semana tivemos duas reuniões, pré-conferências, e vemos essa participação com uma cadência bem promissora nesse compromisso de fazer um chamamento aos munícipes. E Macaé é um dos 5.700 municípios que tem exercido bem o chamamento desse ministério. A ideia é chamar para que a cidade se aproprie de um diálogo, como sociedade organizada, para que a gente tenha um projeto social igualitário”, explicou Gisele.

A secretária adjunta, que participou como cidadã na Conferência de 2013, lembrou que 2016 é ano de revisão do Plano Diretor, e reforçou a importância dessa participação na Conferência, com os cidadãos atuantes e compromissados.

“Foi um evento muito motivacional, no início da gestão. Entre os compromissos firmados, mudanças na questão da mobilidade urbana, do trânsito, e de uma cidade que não é apenas para carros, é para todos, buscando mais cuidado para o pedestre, cadeirante. E já há linhas desenhadas para melhoras. No saneamento também é possível ver essa melhora. Temos visto a cidade mais cuidada. E agora precisamos olhar para a questão da justiça social”, analisou Gisele.

A assistente social do Plano Diretor de Macaé, Miriam Reid, que dirigiu a reunião, solicitou aos participantes que se reúnam em seus bairros e entidades, e tragam, no fim de semana do evento, propostas pertinentes a melhorias para os bairros ou áreas.

“A conferência é para todos os moradores. É um instrumento do cidadão, que poderá tirar as propostas para o município, Estado e País, como um todo. Essa é a oportunidade que os moradores têm de colocar as suas propostas.

O tema, que trata de cidade inclusiva, é o grande desafio do mundo hoje que precisa de alternativas e onde veremos o que pode ser executado com recursos da prefeitura, do Estado, do Governo Federal. Por isso é importante que cada associação de moradores se reúna no bairro e traga propostas”, explicou Miriam.

Para participar da 5ª Conferência Municipal da Cidade de Macaé, basta de inscrever pelo site macae.rj.gov.br. A prefeitura lembra que qualquer pessoa interessada em discutir o futuro da cidade pode participar, e que não há custos. Também serão aceitas inscrições no local, na sexta-feira, 20, das 16h às 20h.

BOX: Eixos de Debate
Eixo I: A cidade que temos: como chegamos ao modelo atual de cidade?
Eixo II: A cidade que queremos: como construir uma cidade inclusiva, participativa e socialmente justa?
Eixo III: A função social da cidade e da propriedade
Eixo IV: Macaé do Futuro: pensando na diversidade energética.

Mais lidas da semana