Mídias Sociais

Caderno D

Toda reverência ao maior patrimônio cultural de Macaé que completa 143 anos

Avatar

Publicado

em

 

A primeiríssima banda de música de Macaé. Um símbolo de resistência, que merece todos os nossos aplausos, diante da grandeza de sua rica história. Assim permanece entre nós, o maior patrimônio cultural da cidade de Macaé, a Sociedade Musical Nova Aurora, que foi criada em 1873 e teve como um dos seus grandes músicos, o ilustre Benedito Lacerda, um dos maiores instrumentistas do nosso país, além de um grande compositor e regente.

Para entender os caminhos que a banda percorreu, precisamos voltar no tempo. Por volta de 1882, aconteceu uma crise social, onde alguns diretores da banda, a deixaram e fundaram a Sociedade Musical Beneficente Lyra dos Conspiradores, que hoje é uma coirmã da Nova Aurora. Ambas seguiram lado ao lado durante todos estes anos, enfrentando inúmero problemas para que a existência das duas continuasse a fazer parte da história de Macaé. Bi Campeã do Estado do Rio, a Nova Aurora, ganhou status ao ser apresentada para o Brasil inteiro como a Banda de Música do Rio de Janeiro.

O tempo passou e quem preside a banda é o Maestro e Diretor Artístico, Hélio Rodrigues, que com seu grande talento, conseguiu revitalizar a banda e adaptá-la aos nossos dias atuais. O Maestro Rodrigues, começou seus estudos na Nova Aurora na classe de trombone, em 1995. No ano seguinte, passou a fazer parte oficialmente da banda e após 12 anos, foi aprovado para estudar na Universidade Federal do Rio de Janeiro e assim teve contato com grandes músicos, formando a sua história na música. Atuou nas principais orquestras do Rio, até chegar ao posto máximo de Maestro da Banda Sinfônica da Sociedade Musical Nova Aurora.

O aniversário oficial da banda foi nesta quarta(08), onde aconteceu a possa da diretoria eleita para o triênio 2016/2019 e no sábado(11), as 18h, haverá um concerto comemorativo com o Maestro Rodrigues e com a participação da Banda Tipo Luau como solista da noite, no Teatro Municipal de Macaé.

Nós, do Caderno D, desejamos que esta belíssima e importante história, permaneça ativa entre nós, e que o grande trabalho, que é revelar músicos de primeira, levar arte ao público e cultivar a parte histórica de Macaé, siga firme e que nos presentei com mais concertos.

Programa de Concerto

*Georges Bizet/Arranjo: Tohru Takahashi

“ Prelúdio da Ópera Carmen “

*Ennio Morricone

“ Moment For Morricone “

*Benny Goodman

“ The King Of Swing”

*Bem E. King/Jerry Leiber/Mike Stoller/Arranjo: Jhonnie Vision

“ Stand By Me “

*Leonard Cohen/Arranjo: Michael Brow

From The Dream Works Motion Pictures SHREK “ Hallelujah ”

*Fher Oliveira/Arranjo: Paulo Rezende

Solista: Banda Tipo Luau

“ Corazón Espinado ”

*Braguinha/Alberto Ribeiro/Arranjo: José Carlos Ligiero

“ Copacabana “

*Zé Rangel/Arranjo: Daniel Martins

Solista: Zé Rangel – Clarineta

“ Chorando em Macaé “

*Chico da Silva/Carlos Batata e Walace Maia/Arranjo: Marcus Almeida

“ Festival de Parintins” - Vermelho/Festa da Ilha Encantada

Banda Sinfônica Nova Aurora

MAESTRO – Hélio Rodrigues

*Flautas: Cristal Donnine, Walyson Santos, Cleyson Ferraz e Márcia Estulano.

*Clarinetas: Zé Rangel; Zé Luiz; Adilson Thomaz; Willian Sikorky; Gabriel Silva; Israel Coutinho; Rute Miranda; Walace Santos e Welington Silva.

*Clarineta Baixo: Allan Pinheiro.

*Sax Alto: Eduardo Bruno; Juliano Salles; Rebeca Gonçalves; Natanael da Silva.

*Sax Tenor: Samuel Daher; Matheus Candido.

*Sax Barítono: Alex Barreto.

*Trompas: Vanderson Veiga, Carlos Augusto; Leonardo Freitas.

*Trompetes: Fábio Corrêa; Valber Moraes; Marlon Nascimento.

*Trombone Tenor: Juliano Nogueira; Josué Machado; Fáio Silva; Wesley Santos e Douglas Marcelo.

*Trombone Baixo: Jéferso C. Povôa

*Euphonium: Jean Elias; Raphael Leite.

*Tuba: Efraim Azeredo; Paulo Henrique.

*Timpanos: Bruno Pinheiro.

*Mallets: Jade Donnine; Marlon Nascimento.

*Percussão: Juliano Oliveira; Francisco Estulano; Victor Morete.

 

Mariana Abrantes

Mais lidas da semana