Mídias Sociais

Caderno D

Peça que ganhou Prêmio Nobel de Literatura será apresentada este mês em Macaé

Avatar

Publicado

em

 

A peça de teatro 'Não Vamos Pagar!', vai ser a sensação deste mês no Teatro do Sesi Macaé. Com texto escrito pelo italiano Dario Fo em 1974, o espetáculo continua a ser muito atual e até se encaixa no momento atual do nosso país. Com um elenco de primeira, Virgínia Cavendish, Guilherme Piva, Elisa Pinheiros, Zeu Britto e André Dale, o humor vai rolar solto em cima de questões sérias como, ética e respeito às leis, tudo abordado com muita leveza.

Além de ser a protagonista da peça, Virgina também produziu o espetáculo, que acha que a forma como foi elaborada a peça, é uma saída para a parcialidade dos assuntos citados. É como se fosse uma crônica atual de tudo o que estamos vivendo, por isso é uma peça atemporal, onde as falas se encaixam muito bem no nosso cotidiano.

O tema é polêmico e dá margem para diversas interpretações. O nosso cenário político e econômico atual, está mais do que em evidência e uma das atrizes, destaca a importância do cuidado em zelar pela nossa democracia. O ator Zeu Britto, revelou que o posicionamento dos cidadãos nesse momento, é muito necessário.  “Eu acho que não dá para ficar de um lado nem de outro e nem em cima do muro, o que hoje em dia é considerado algo péssimo. Nós temos é que ser o muro. Hoje, você nem pode ser gente. Você tem que ser uma imagem da história”

Mas voltando ao roteiro da peça, esta será uma ótima oportunidade de conferir o espetáculo que conta a história de um protesto pelo aumento dos preços, onde um grupo de pessoas decide invadir e saquear um supermercado. A protagonista se envolve numa série de situações confusas e engraçadas ao mesmo tempo, fazendo o público refletir sobre muitas coisas que presenciamos todos os dias. É uma combinação de crítica social, humor e uma sátira política, ao mesmo tempo muito engraçada, e é considerada uma das grandes obras-primas de Dario Fo.

Sinopse

Antônia Margarida são donas de casa que não conseguem chegar ao fim do mês com as contas em dia. Antônia acabou de perder o emprego e seu marido, João, trabalha numa fábrica prestes a ser fechada. Em protesto pelo aumento abusivo dos preços, um grupo acaba saqueando um supermercado. Antônia participa do ato, desencadeando uma sequência de peripécias para evitar que o marido – homem de princípios que prefere “morrer de fome a fazer alguma coisa contra a lei” – tome conhecimento do seu ato. Soma-se a isto os problemas criados pela amiga Margarida, relutante em ajudá-la, e os vários encontros e incidentes com as forças da lei.

O autor

Para quem não conhece, Dario Fo é um dos mais importantes representantes das artes cênicas. Ganhou o Prêmio Nobel de Literatura em 1997 e já escreveu mais de 40 peças, que foram encenadas em mais de 50 países. Suas criações se desenvolvem no estilo das peças medievais, mesclando situações cômicas. Toda a obra de Dario é um importante material sobre o retrato da sociedade contemporânea.

Serviço:

Teatro Sesi Macaé, Alameda Etelvino Gomes, Riviera Fluminense.

Dia: 18/06 as 20h.

Ingressos: R$22 inteira

Classificação: 16 anos

 

Mariana Abrantes

Mais lidas da semana