Mídias Sociais

Caderno D

Exposição sobre Motta Coqueiro segue em cartaz no Solar dos Mellos até julho em Macaé

Publicado

em

 

“As várias memórias de Motta Coqueiro” pode ser visitada por estudantes e turistas

Daniela Bairros

O Solar dos Mellos, em Macaé, sedia até julho, a exposição “As Várias Memórias de Motta Coqueiro”. A mostra é aberta à visitação de estudantes e turistas. Crianças poderão ter acesso a interpretações de forma lúdica à história do rico fazendeiro que, no século XIX, foi o último condenado à morte no Brasil. Na mostra, marcada por cartoons (história em quadrinhos), idealizados pelo gerente de projetos do Solar dos Mellos, Leonardo Barreto, também há teses, pinturas e livros expostos ao público.

Em cartaz ainda se encontram o Processo-Crime contra Motta Coqueiro, feita por seu escravo em 1855, sua Sentença-Crime, além de livros com visões diferentes sobre ele, como por exemplo, a tese de César Möller, intitulada “A Fera de Macabu: Memórias de um crime, uma Pena de Morte e uma Maldição”, de 2007.

Nessa mostra, entre as várias análises sobre Motta Coqueiro desenvolvidas por diversos pensadores, estão disponíveis textos de Godofredo Tinoco e de Armando Borges, além de citações de Antonio Alvarez Parada.

Para agendamento escolar, o Solar dos Mellos fica na Rua Conde de Araruama, 268, Centro. Telefone: (22) 2759-5049.

Sobre Motta Coqueiro

Manuel da Motta Coqueiro, apelidado de "A Fera de Macabu", foi um rico fazendeiro da região Norte Fluminense, sendo o último condenado à pena de morte no Brasil, por ter, supostamente, mandado matar toda uma família de colonos residente em suas terras. O caso é um dos crimes mais famosos do país, pois muitos consideram que foi executado um inocente.

Esse fato ocorreu no segundo reinado. O processo de prisão, condenação e enforcamento se deu entre os anos de 1852 e 1855 (ano do enforcamento). O episódio, estudado por legisladores, estudantes de Direito e advogados, aconteceu nas terras de Motta Coqueiro, em Macabu, na época da freguesia de Nossa Senhora das Neves/Macaé.

15ª Semana de Museus

A  exposição teve início durante a 15ª Semana de Museus, comemorada no Dia Nacional de Museus, na último dia 18. “Esse evento marca a cultura nacional, uma vez que Motta Coqueiro foi o último condenado à pena de morte no país. A equipe do Solar dos Mellos, que produziu essa exposição e as atividades culturais, está de parabéns”, declarou a secretária de Cultura de Macaé, Tânia Jardim.

 

Crédito: Rogério Peccioni

Mais lidas da semana