Mídias Sociais

Caderno D

Artes Integradas em Curso é um presente para a cultura de Macaé

Avatar

Publicado

em

 

Um projeto que tem como foco duas esferas distintas: a expansão da cultura e toda a sua multiplicidade na cidade de Macaé, e uma abrangência maior, no âmbito nacional, levando profissionais de determinados segmentos artísticos para apresentações com um grande número de público. Os dois caminhos são muito interessantes, andam lado a lado e juntos formam uma mistura chamada Artes Integradas em Curso, um projeto criado pelo Núcleo Cultural CIEMH2, que é uma referência no que segmento cultural de Macaé.

O evento acontece mensalmente e na esfera municipal, a proposta é que sejam realizados nos espaços urbanos, tornando mais acessível o consumo da cultura. Geralmente são 10 localidades da cidade que recebem o projeto, promovendo um intercâmbio consistente entre as vertentes da Dança, Teatro, Música, Artes Visuais e Literatura. Além de toda essa bagagem, aulas são oferecidas ao público que quer aprender mais sobre Dança de Rua, Videodance, Musicalização e Dj. Uma mostra de curtas com temáticas diferentes também são apresentadas, onde um espaço para o debate é sugerido ao final de cada exibição.

De Macaé para o Brasil

A parte da proposta que abrange para outras cidades do país, é um capítulo à parte, onde espetáculos de dança são apresentados para outros públicos. O Coletivo FLORES é um exemplo sensacional, que leva ao encontro de quem aprecia esta expressão artística, conceitos de estética e leva as pessoas à reflexão.

Um novo encontro

Amanhã(23), mais uma edição do Artes Integradas em Curso vai acontecer. Desta vez a Praça Mirante dos Navegantes na Barra de Macaé, será o palco para diversas apresentações. Totalmente aberto ao público e com atrações para toda a família. Um espaço especial será criado para esta edição chamado ‘Leitura, Sabor e Arte’, onde diversos livros e revistas, além de um espaço para cinema foi pensado com muito critério para atender os mais diversos gostos.

Muita música vai rolar durante o evento com a apresentação de Djs e o Coletivo FLORES vai marcar presença com o espetáculo ‘Bicho Urbano’, do Grupo Nós de Teatro, com uma divertida esquete teatral. O grupo de dança Geração Pró Street e o Coletivo de Criação CIEMH2 farão performances musicais, e aulas de dança com os professores Rafael de Souza e Lorena Bitencourt.

O evento será das 10h as 14h.

Sobre o Núcleo

São dez anos de atuação em Macaé, fomentando e revelando o que existe de mais precioso na cultura local. O CIEMH2, tem o foco nas crianças e jovens, onde os resultados do projeto são absolutamente comprovados e que mostram que é possível formar grupos profissionais através de um trabalho intenso e com isso, tornando essas pessoas independentes, alcançando autonomia. Inúmeros editais e prêmios já foram conquistados pelo Núcleo, tanto no Brasil quanto na Europa e por toda a América Latina. A intenção é desenvolver as mais diversas habilidades artísticas das pessoas para que o seu desenvolvimento seja pleno e que colabore na construção não apenas de um novo profissional, mas sim na lapidação dos potenciais humanos.

Quem quiser conhecer mais de perto este belíssimo trabalho, vale acessar a página oficial www.ciemh2.org e fica aqui o convite para este sábado na Orla da Barra de Macaé. Imperdível!

As atrações

Coletivo Flores

Um passeio pelas questões sociais mais relevantes é a proposta do grupo que realiza coreografias lindíssimas e que promove uma discussão saudável sobre tudo o que nos cerca e sobre as fronteiras da arte.

Coletivo de Criação CIEMH2

O Núcleo Cultural apresenta o talento de artistas atuantes, fazendo o público experimentar experiências bem bacanas no que se refere a dança, música, teatro, cinema e fotografia, tudo criado pensando na possibilidade de tornar mais próximos esses universos, através de oficinas e as apresentações musicais ficarão por conta da Crew Djzadaaa, Geração Pró Street e o grupo Nós de Teatro.

Mariana Abrantes

Mais lidas da semana