Mídias Sociais

Caderno D

A solidez da cultura negra em Macaé

Avatar

Publicado

em

 

Vamos curtir todo o potencial da cultura afro de uma forma bem divertida? Sucesso absoluto de público, já consolidada em Macaé, no calendário oficial da cidade e acontecendo em vários lugares do município, a Feira Afro Cultural Raízes veio pra ficar. Em sua 7ª edição, o evento que irá acontecer hoje(05) na Funemac, vai reunir o melhor da moda afro, muito artesanato, gastronomia e entretenimento cultural da melhor qualidade.

A idealizadora do projeto, Jeanne Brazil, é um símbolo da cultura negra na cidade e através do seu grande conhecimento, criou o evento que reforça toda a luta e também revela todas as possibilidades da beleza do povo africano, que tem relação direta com toda a nossa cultura.

O público universitário é um grande apreciador da feira, onde muitos estudantes não perdem nenhuma edição, pois adoram ficar antenados com tudo o que permeia o evento, principalmente no que se refere à moda. “Hoje unimos forças para manter o projeto vivo. Contamos com a parceria da coordenadoria de igualdade racial, que nos ajuda muito, fora a união das produtoras afro da cidade, Yaisa Carolina, Thaísa Araújo e a fotógrafa Keila Vilela, que movimenta todas as nossas mídias.” Conta a idealizadora, Jeanne.

Nesta edição, uma nova e importante presença fará parte da programação. Afro empreendedores do bairro Malvinas, vão marcar presença e apresentar muitas novidades. Aline Moreno é o nome da empreendedora que possui uma loja na comunidade Deuses do Gueto e com isso, a participação dos cidadãos macaenses se torna ainda mais efetiva, mostrando que é possível crescer profissionalmente, também nas ruas, em projetos que possibilitam essa abertura.

A Fundação Educacional de Macaé, Funemac, fica na Avenida Aluizio da Silva Gomes, 50, na Granja dos Cavaleiros e a feira estará aberta a partir das 9h.

Mariana Abrantes

Mais lidas da semana