Mídias Sociais

Sem categoria

Vereadores investigados por compra de votos em Saquarema são liberados da prisão

Avatar

Publicado

em

 

Os vereadores de Saquarema Vanildo Siqueira da Silva e Romacart Azeredo, que foram presos por suspeita de comprar de votos foram liberados do Presídio Pedro Oliveira, em Bangu. O pedido de habeas corpus foi aceito pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE-RJ) por 4 votos a 3 dos desembargadores.

Ambos haviam sido presos no dia 18 de outubro em uma operação da Polícia Federal que teve o objetivo de desarticular grupos criminosos que exerciam cargos políticos, ou disputavam eleições para cargos de prefeito e vereador e que almejavam tomar conta tanto do poder executivo, quanto do poder legislativo da cidade

De acordo com a Polícia Federal, eles fazem parte dos investigados acusados de realizar boca de urna e compra de votos, tendo como contrapartida a distribuição de diversos bens, entre eles medicamentos e combustível, fornecimento de atestados médicos e receitas médicas controladas em branco, assim como benefícios em um hospital de grande porte. Foi detectado também que um líder religioso teria aceitado dinheiro com a finalidade de fazer campanha para candidatos durante ato religioso.

Mais lidas da semana