Mídias Sociais

Sem categoria

Estatísticas apontam queda na violência na região

Avatar

Publicado

em

 

 

Roubos de rua tiveram uma das reduções mais impactantes: 61,97%, comparando os meses de janeiro de 2016 e 2017

 

Bertha Muniz

Apesar da sensação de insegurança persistir, as ações policiais parecem estar retomando o controle da criminalidade nos  municípios abrangidos pelo 32º Batalhão de Polícia Militar -  MacaéCasimiro de AbreuConceição de MacabuQuissamãCarapebus. É o que afirma o Instituto de Segurança Pública do Rio, que divulgou na semana passada os índices de criminalidade no estado do Rio no mês de janeiro de 2017. Na região, o número de homicídios dolosos se manteve em relação ao mesmo mês de 2016. Também se mantiveram estáveis as os índices de apreensões de drogas e estupro no mesmo período. Tentativas de homicídio, roubos e furto de veículos tiveram redução de 21,23%, 29,4 e 40,54%, respectivamente em relação a janeiro de 2016. Em janeiro de 2016 ao todo 142 pessoas foram assaltadas nas ruas da região. No mesmo período de 2017, este quantitativo caiu para 54, registrando uma importante queda de 61,97%. As ocorrências de ameaças tiveram uma das reduções mais impactante do período: 45,65%, resultado da intensificação do combate à criminalidade. O desafio é que essa trajetória de queda continue. Todos os especialistas são unânimes quanto à necessidade de uma análise mais profunda e de abordagens mais qualitativas do problema da segurança pública. Também chamam a atenção para a sensação de insegurança que ronda a população mesmo que os dados oficiais comprovem a redução da violência. Vale ressaltar que o resultado marcou a retomada da trajetória de queda do número de homicídios, após registrar um pico de alta durante o primeiro trimestre do ano passado. Os dados levam em conta apenas os crimes registrados em boletins de ocorrências.

 

Mais lidas da semana