Mídias Sociais

Sem categoria

Entidades se unem para traçar ações que reduzam a violência nas escolas macaenses

Avatar

Publicado

em

 

A sequência de fatos violentos que vem acontecendo principalmente nas 22 escolas de Ensino Fundamental e Médio de Macaé, tem fortalecido a união entre a Secretaria de Educação, Ordem Pública, Conselhos, Polícia Militar, diretores das unidades escolares e a comunidade.

O objetivo é traçar ações para um movimento pela Cultura da Paz em toda rede pública. A parceria firmada para reforçar a segurança nas escolas será iniciada hoje terça-feira (31), no Colégio Municipal Ancyra Gonçalves Pimentel (Miramar), através do projeto " Ancyra pela paz" terminando quinta-feira com um Abraço à Escola e passeata pela Paz.

O objetivo é envolver estudantes, pais de alunos, moradores da proximidade e profissionais da Secretaria em atividades estratégicas para minimizar e coibir a ocorrência de possíveis conflitos nas dependências da escola. A semana especial na unidade servirá para traçar caminhos para toda rede municipal. O objetivo é destacar ações de políticas públicas, que serão apresentadas no seminário "Educação Participativa: Diálogos e Parcerias que vai acontecer nos dias 7 e 8 de junho, na sede do Centro de Convenções Jornalista Roberto Marinho.

A parceria foi reafirmada nesta segunda-feira (30) durante a reunião com a secretária de Educação, Marilena Garcia, o secretário de Ordem Pública, André Luiz Ramos Monteiro, subsecretários e profissionais da unidade na Educação pela manhã e à tarde no Conselho Comunitário na Cidade Universitária. A proposta é que com o êxito das atividades específicas no Ancyra, o trabalho sirva de exemplo para as 22 escolas municipais que atendem turmas de 6º ao 9º ano.
uniao pela segurança 2
No encontro na sede da Secretaria de Educação foi acertado que a escola contará com a atuação imediata de uma viatura da Guarda Municipal, e o trabalho de quatro guardas. O veículo vai atuar nos três turnos de funcionamento da escola. Outra medida será a qualificação para auxiliares de serviços gerais e escolares, que atuam no pátio, refeitório e demais dependências com os alunos. A atualização será ministrada por representantes da Secretaria de Ordem Pública.

"Queremos ampliar a segurança no ambiente escolar de todas as escolas, principalmente as que atendem o segundo segmento do Ensino Fundamental", afirmou André Luiz Ramos Monteiro. Já Marilena Garcia confirma que todo o trabalho será em prol da paz, boa convivência e aproximação da família na escola. "Estas são algumas soluções em prol da cidadania e da cultura do pertencimento", ressaltou, acrescentando que as intervenções têm ainda como meta contribuir com o processo de ensino e ambiente escolar", explica.

Para o capitão do 32 do BPM, Andre Silva, a violência ultrapassa os muros das escolas e todos devem se unir para combater a ação do tráfico que a cada dia seduz os jovens para o crime e a venda de drogas. "O olhar é amplo porque cada criança, cada jovem tem um histórico. Não é simplesmente levar numa viatura e registrar uma ocorrência". Marilena Garcia destacou que a Educação pede ajuda e que dificuldades e possibilidades andam juntas. "As crises geram oportunidades de se rever e de se fazer algo. A reunião com os profissionais do Ancyra e a do Conselho Comunitário buscam, soluções para a violência". Durante o encontro do Conselho realizada na Cidade Universitária também nesta segunda,30, os diretores pontuaram politicas publicas e ações efetivas para retirar o trafico da porta das escolas.
Ancyra pela Paz 

 

A programação Ancyra pela Paz será marcada por diversas atividades. Entre os momentos mais esperados estão o Abraço à Escola e passeata pela Paz, que vão acontecer na próxima quinta-feira (2 de junho), às 11h e 16h. A passeata será realizada na rua Télio Barreto e proximidades. A expectativa é contar com representantes de igrejas, associações de moradores e comércio. Na ocasião será repassado um documento específico de segurança, um abaixo assinado. A programação contará também com debates, reuniões extraordinárias e exposições de trabalhos.

Confira a programação que será realizada nos três turnos: 10h, 15h30 e 19h.
Terça-feira - 31 de maio
Debates sobre o tema " Segurança Pública"
Abordagem com representantes da Secretaria de Ordem Pública
Recebimento de sugestões por representantes do Conselho Escolar
Confecção de trabalhos pertinentes ao tema segurança

Quarta-feira - 01 de junho
Debates " Violência Urbana"
Abordagem sobre a violência urbana e combate aos estímulos de violência -participação da Polícia Militar
Reunião extraordinária do Conselho Escolar
Confecção de trabalhos sobre a temática

Quinta-feira - 02 de junho
Debate sobre o assunto "Escolhas e metas para vida" com representantes do Serviço Social da Educação e Conselho Tutelar
Abordagem com a coordenação de Segurança Escolar
Reunião Extraordinária
Abraço à Escola
Passeata pela paz

Sexta-feira - 03 de junho
Debate sobre o tema " Consequência das escolhas"
Conscientização da ação e reação - Conselho Tutelar e Serviço Social
Apresentação de trabalhos pelos alunos

Mais lidas da semana