Mídias Sociais

Destaque

PRF deflagra Operação de Ano Novo nesta sexta-feira (28) nas rodovias federais do Rio

Bertha Muniz

Publicado

em

 

No réveillon, o pico previsto para o período é para 1º e 2 de janeiro, com cerca de 229 mil veículos.

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) dará início à 0h desta sexta-feira (28) às ações da Operação de Ano Novo nas rodovias federais do estado do Rio. A ação se estenderá até às 24 horas do dia 1º de janeiro de 2019.

O período das festas de fim de ano é marcado pelo aumento de pessoas e veículos circulando pelas rodovias paulistas, com os mais variados propósitos e destinos. Por isso, a PRF realiza a operação, cuja principal medida é o reforço no policiamento ostensivo, contando com o apoio de policiais rodoviários federias que atualmente exercem atividades administrativas e também com agentes convocados nos dias de folga, com posterior compensação destas horas trabalhadas.

No que diz respeito à fiscalização, os policiais darão prioridade à operação de radares portáteis e estáticos e às ações de combate à alcoolemia. Nos trechos de pista simples a atenção maior será para as ultrapassagens proibidas, conduta causadora das colisões frontais, tipo de acidente com maior taxa de mortalidade nas estradas brasileiras. O uso do cinto de segurança e dos dispositivos de retenção para crianças (cadeirinhas e assentos de elevação) também estão no foco das equipes de fiscalização.

Com a expectativa de grande aumento no fluxo de veículos nas estradas, quem deseja viajar para aproveitar as festas de fim de ano deve evitar os horários de maior movimento previstos para as rodovias.

A estimativa da Autopista Fluminense, concessionária que administra o trecho Norte da BR-10, é de que 700 mil veículos passem pelos 322 quilômetros de rodovia entre a divisa do Rio com o Espírito Santo, em Campos dos Goytacazes, e Niterói.

A empresa divulgou que vai trabalhar com reforço no atendimento das equipes, oferecer aos motoristas melhorias em infraestrutura e a possibilidade de utilizarem a navegação orientada pelo aplicativo Waze de forma interligada ao Centro de Controle Operacional (CCO) em São Gonçalo.

No réveillon, o pico previsto para o período é para 1º e 2 de janeiro, com cerca de 229 mil veículos. Nos dias de maior fluxo, as praças de pedágio funcionarão com sua capacidade máxima. Arrecadadores adicionais estarão de plantão para fazer a cobrança à frente das cabines, quando necessário.

Mais lidas da semana