Mídias Sociais

Destaque

Guardas Ambiental e Municipal completam um mês de planejamento estratégico e operacional

Bertha Muniz

Publicado

em

 

Reformulação pretende promover o desenvolvimento institucional para uma participação mais efetiva na segurança pública do município.

A Secretaria Municipal de Ordem Pública (SMOP) iniciou no último mês o processo de redirecionamento estratégico e operacional da pasta e suas instituições vinculadas.

O objetivo dessa reformulação é promover o fortalecimento e desenvolvimento institucional da Guarda Municipal e da Guarda Ambiental, para uma participação mais efetiva na segurança pública do município.

Ao assumir a gestão da Secretária Municipal de Ordem Pública, no final do mês de março, o Secretário Daniel Bandeira, buscou realizar o diagnóstico da realidade das instituições, para identificar suas respectivas capacidades operacionais e assim definir quais diretrizes a serem seguidas na elaboração do novo planejamento estratégico e operacional.

A formalização do Conselho de Gestão deu início ao processo de reformulação institucional, o Conselho foi responsável pela elaboração do novo Código de Ética e Estatuto Geral da Guarda que foi enviado para a avaliação da Procuradoria Geral do Município para posterior apresentação e votação na Câmara Municipal.

Para dar continuidade ao processo de reformulação e iniciar a elaboração do planejamento estratégico e operacional baseados nas novas diretrizes propostas pela secretaria, a mudança no comando-geral da Guarda Municipal foi necessária.

A Coordenadora Adriana Manilha foi à escolhida após análise entre os profissionais do quadro de coordenadores da instituição, a escolha seguiu critérios técnicos estabelecidos como necessários para estar à frente da instituição neste processo, Adriana tomou posse no dia 15 de agosto e está sendo a responsável por conduzir o processo de planejamento e adequação operacional.

Em seguida foi a vez da Guarda Ambiental passar por mudança em seu comando, o nome escolhido foi do Coordenador Madson Nazareno, que já esteve a frente da instituição durante 10 anos e retornou no dia 19 de agosto, com a missão de elevar a efetividade da Guarda Ambiental dentro de suas atribuições.

Os primeiros atos da nova comandante da Guarda Municipal após assumir o cargo foram a identificação dos profissionais com o perfil técnico dentro das especificidades de cada Coordenadoria Estratégica para assessora-la no processo de adequação as diretrizes e na elaboração do planejamento estratégico e operacional.

A primeira mudança realizada foi na Coordenação da Patrulha Maria da Penha (PMP), tendo sido escolhida a Subcoordenadora Laila Bastos que já pertencia a PMP desde sua criação.

Na Coordenadoria de Programas Sociais a Subcoordenadora Raquel Giri foi a escolhida para ser a responsável pelos programas Guarda Sênior e Guarda Mirim e por implantar a Guarda Mirim Ambiental.

A última novidade anunciada pelo Conselho de Gestão foi a reativação do Gabinete de Gestão Integrada (GGI-M), que será responsável por promover a articulação e integração institucional entre diferentes órgãos e discutir as ações a serem realizadas em conjunto.

Para ser o Coordenador Geral do Gabinete de Gestão Integrada foi escolhido o especialista em Segurança Pública, Patrick Moraes, que teve destaque em sua atuação a frente do Conselho de Segurança do município. As próximas medidas que serão adotadas estão com estudos em andamento para serem anunciadas pelo Conselho de Gestão.

Mais lidas da semana