Mídias Sociais

Direitos Humanos

Dados do ISP apontam que Estado do Rio registrou 38 casos de feminicídio em janeiro de 2019

Bertha Muniz

Publicado

em

 

Dia 8 de março é celebrado o Dia internacional da Mulher. Um balanço do número de casos de tentativas de feminicídio registrados pelo Instituto de Segurança Pública (ISP),  aponta que o Estado do Rio de Janeiro registrou, em janeiro deste ano, 38 tentativas de feminicídio e cinco vítimas desse crime.

Apenas nos cinco primeiros dias de 2019, o estado já tinha quatro casos de feminicídio. Em três ocorrências, os filhos presenciaram o assassinato da mãe. Um desses casos é o de Tamires Blanco, de 30 anos, morta com socos e garrafadas no Morro do Urubu, na Zona Norte do Rio. O bebê de 11 meses de Tamires foi encontrado em cima do corpo da mãe. Familiares da vítima acusam o ex-companheiro dela, Flodilson da Silva Araújo, pelo crime.

O Rio de Janeiro registrou 70 casos de femicídios no ano de 2018, de acordo com os dados do Instituto de Segurança Pública (ISP). A Baixada Fluminense aparece no levantamento com 22 casos. Já as tentativas de feminicídio somam 288 registros em todo o estado.

Em 2017 a PM recebeu 78 mil chamados de socorro de mulheres pela central 190 – média de 200 por dia. Das 75% das tentativas de feminicídio e 57% das mortes no RJ são cometidas por companheiros ou ex-companheiros das vítimas. Em relação ao local, 52% das mortes e 65% das tentativas ocorrem dentro de casa.

Ligue Denúncia
O Ligue 180, central do governo federal que recebe denúncias de violações contra os direitos das mulheres, recebeu, nos primeiros dois meses do ano, 17.836 notificações, 36,85% superior ao constatado em 2018, segundo o Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos (MMFDH).No mesmo período do ano passado, foram computadas pela central 11.263 denúncias, um pouco menor na comparação com 2017, quando 12.368 violações contra as mulheres foram comunicados ao Ligue 180.

 

Mais lidas do mês