Mídias Sociais

Saúde

Secretaria de Saúde de Casimiro de Abreu descarta suspeita de morte pelos vírus H1N1 e H3N2

Avatar

Publicado

em

 

Prefeitura de Casimiro de Abreu, através de Secretaria de Saúde, descartou suspeita após exame realizado em laboratório do Governo do Estado do Rio

A Secretaria de Saúde de Casimiro de Abreu informou nesta sexta-feira, 27, que foi descartada a suspeita da causa da morte no distrito de Professor Souza por infecção pelos vírus H1N1 e H3N2.

A paciente faleceu no último dia 20 de abril, no Hospital Municipal de Casimiro de Abreu, levantando suspeitas dos órgãos de saúde do município, mas o resultado do exame divulgado na quinta-feira, 26, pelo Laboratório Central de Saúde Pública do Rio de Janeiro Noel Nutels (LACEN), descartou a hipótese.

“Apesar do resultado negativo para H1N1 e H3N2, a Secretaria de Saúde de Casimiro de Abreu segue a Campanha Nacional de Vacinação contra Influenza em todo município, nas Unidades de Saúde com sala de vacina e no Centro de Especialidades Médicas (CREM), no Centro de Casimiro de Abreu, das 8h às 17h, de segunda a sexta”, detalhou comunicado da prefeitura, divulgado nesta sexta.

Segundo o governo municipal, no próximo dia 12 de maio, ainda será realizado um Dia D de vacinação em todo município, e conforme estabelecido pelo protocolo do Ministério da Saúde, as vacinas são destinadas, prioritariamente, para o grupo de pessoas com maior risco.

Entre esses grupos, estão crianças entre 6 meses e 5 anos de idade, gestantes, mulheres com até 45 dias após o parto, professores, profissionais da saúde e pessoas com mais 60 anos, lembrando que os professores precisam de comprovantes para receberem a dose da vacina.

“Aquelas portadoras de doenças crônicas poderão tomar a vacina em seu posto de saúde ou com laudo médico em qualquer outra unidade vacinadora. A vacinação acontece até o dia 1º de junho”, acrescenta a prefeitura, lembrando que mais informações podem ser encontradas no site www.casimirodeabreu.rj.gov.br.


 

Mais lidas do mês