Mídias Sociais

Cidades

Votos de candidatos a vereador da REDE começam a ser validados em Macaé, mas Marvel segue “indeferido com recurso”

Avatar

Publicado

em

 

As recentes atualizações no site de registros de candidaturas do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), nesta semana, começaram a trazer mudanças ao resultado das eleições municipais do último dia 2 de outubro, em Macaé.

Com problemas na documentação que deixaram todos os candidatos a vereador da coligação impugnados, REDE, PV, PTN e PCdoB permaneciam com os votos invalidados desde que o resultado foi divulgado, ainda na noite de domingo, 2.

Nesta quinta-feira, 13, os primeiros candidatos a vereador da coligação “Pela Mudança Verdadeira” tiveram seus status alterados de “indeferidos com recurso” para “deferidos”, tendo seus votos validados.

Entre eles estão Brandão (REDE), Cássio Gabriel (REDE), George Fonseca (REDE), Junior Pessoa (REDE), Lelê Ibraim (REDE) e Zezinho Nordestino (REDE), que, juntos, somam, 1.714 votos, número que não altera o resultado das eleições.

Mesmo com a soma dos votos de Dr. Eduardo Cardoso (PPS), que também teve a candidatura deferida nesta quinta-feira, e dos 6 candidatos da REDE, que fazem o Quociente Eleitoral (QE) subir de 5.893 para 6.109 votos, o partido segue, até o momento, com o mesmo resultado inexpressivo que seu candidato a prefeito, o atual vice-prefeito, Danilo Funke (REDE), que teve apenas 6.907 votos, representando pouco mais de 6% dos votos válidos.

Apesar de ter sido parabenizado por diversos vereadores de Macaé após as eleições, Marvel (REDE), o candidato mais votado do seu partido e da coligação, ainda permanece com sua candidatura indeferida e seus 1.142 votos invalidados.

Caso as candidaturas da coligação REDE/PV/PTN/PCdoB não sejam todas deferidas pela Justiça Eleitoral, Macaé terá duas mulheres ocupando a plenária do Legislativo pelos próximos 4 anos, uma vez que Carla Mussi (PMB), eleita por média, com 1.177 votos, fará companhia à Renata Paes (PSC), reeleita também por média, com 2.055 votos.

Tunan Teixeira

Mais lidas da semana