Mídias Sociais

Política

Vereador de Quissamã não resiste à complicações em operação em hospital de Niterói

Avatar

Publicado

em

 

Vereador Léo da Sis (PMB) passou por uma cirurgia de retirada de um rim por cauda de um tumor no último dia 14 de julho, mas não resistiu às complicações, vindo a falecer na última quinta-feira, 26

No fim da noite da última quinta-feira, 26, o município de Quissamã recebeu a notícia da morte do vereador Léo da Sis (PMB).

O parlamentar havia passado por uma cirurgia de retirada de um rim por causa de um tumor no último dia 14 deste mês e faleceu por complicações após o procedimento feito no Hospital de Icaraí, em Niterói.

Segundo informações, a suspeita é de que o vereador tenha contraído uma infecção hospitalar já no quarto onde se recuperava da cirurgia. Léo da Sis acabou sendo levado para a Unidade de Tratamento de Intensivo (UTI) e após 5 dias acabou não resistindo.

A Prefeita Fátima Pacheco (PODE), e o presidente da Câmara, Luciano Pessanha (PRB), decretaram luto oficial de 3 dias.

O corpo do parlamentar está sendo velado no Ginásio Poliesportivo da cidade e será sepultado no cemitério municipal.

Suplente – Na fila pela suplência, está o vereador Leone Carneiro (PODE), que terminou as eleições municipais de 2016 como o 15º parlamentar mais votado, com 322 votos, e que estava na coligação com PMB, PSDC, PATRI, PTC e PROS. A Câmara Municipal de Quissamã ainda não se manifestou sobre a convocação e a posse do suplente de Léo da Sis.


 

Mais lidas do mês