Mídias Sociais

Política

TSE recomenda que eleitores confirmem seções eleitorais e locais de votação com antecedência

Publicado

em

 

Verificação das seções eleitorais e locais de votação com antecedência evitam confusões na hora de sair para votar no próximo domingo, 7 de outubro, quando acontece o primeiro turno destas eleições gerais

Com a aproximação das eleições gerais, marcadas em primeiro turno para o próximo domingo, 7 de outubro, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) divulgou na última semana informações e recomendações aos eleitores que vão votar neste fim de semana.

“Todo eleitor está cadastrado para votar em uma seção eleitoral específica. Por isso, é fundamental saber o número da sua zona eleitoral e o seu local de votação. Para tanto, a Justiça Eleitoral disponibiliza uma série de opções que permitem ao eleitor saber em qual seção deverá comparecer para exercer seu direito de voto”, alerta o TSE.

O Tribunal explica que os eleitores podem buscar informações no site do órgão, nas redes sociais e através do aplicativo e-Título, versão digital do Título de Eleitor, disponível para download gratuito nas lojas virtuais Apple Store e Google Play.

“No site do Tribunal, basta clicar na aba superior, no menu ‘Eleitor e eleições’ e depois selecionar ‘Serviços ao eleitor’. Na lista, clique em ‘Título de Eleitor’ e, em seguida, faça a consulta pelo ‘nome do eleitor’ ou ‘número do título eleitoral’. No primeiro caso, é necessário informar nome completo, data de nascimento e nome da mãe. No segundo, é necessário ter em mãos o número do título e a data de nascimento. Os sites dos respectivos Tribunais Regionais Eleitorais (TREs) também destinam um espaço para consulta dessas informações”, detalha o Tribunal.

O TSE lembra ainda que, ao fazer a consulta pelo site, o eleitor obterá o número de sua inscrição eleitoral, zona eleitoral e local de votação, com endereço completo, e que usuários do Facebook e do Twitter também podem verificar onde votar nas páginas oficiais do TSE nas páginas facebook.com/TSEJus e twitter.com/tsejusbr.

“Basta o eleitor enviar uma mensagem e começar a interagir com o assistente virtual, conhecido como ‘Bot’. Ele dará as boas-vindas e perguntará qual o tipo de ajuda o usuário precisa. Depois, o eleitor poderá escolher o que deseja saber e seguir o passo a passo para obter a resposta. Por meio dessa consulta, é possível obter todas as informações sobre a seção e o local de votação”, esclarece.

O TSE disponibiliza ainda o aplicativo e-Título, como um ferramenta para informar aos eleitores a respeito do local de votação, contando ainda com informações de geolocalização para guiar o usuário até sua seção eleitoral.

“A ferramenta pode ser baixada gratuitamente em dispositivos móveis nas lojas virtuais Apple Store e Google Play. O e-Título também serve como documento de identificação do eleitor caso ele já tenha feito o cadastramento biométrico. Isso porque a versão digital será baixada com foto, o que dispensa a apresentação de outro documento de identificação no momento do voto”, acrescenta.

Motivo de muitas dúvidas e polêmicas nestas eleições, o cadastramento biométrico também foi abordado pelo TSE, que reforça que o eleitor que ainda não fez o cadastramento também pode baixar o e-Título para saber onde votar, mas deverá apresentar um documento oficial com foto no momento da votação.

Os eleitores podem ainda consultar o local de votação através do serviço Disque-Eleitor, dos TREs. No Rio, o telefone do TRE-RJ é (21) 3436-9000. Por fim, ainda é possível obter essas informações pessoalmente, caso o eleitor deseje ir ao cartório eleitoral mais próximo ou ao TRE de seu estado para fazer a consulta.

 


 

Mais lidas do mês