Mídias Sociais

Política

Situação de trecho BR-101 no Norte e no Noroeste Fluminense será discutida entre deputados federais e ANTT

Avatar

Publicado

em

 

Trecho da BR-101, que corta os municípios do Norte Fluminense, será tema de encontro entre representantes do Estado do Rio na Câmara Federal e da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT)

A Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), em Brasília, vai discutir problemas em trecho da BR-101 que corta os municípios das regiões Norte e Noroeste do Estado do Rio de Janeiro.

A reunião foi solicitada pelo deputado federal Wladimir Garotinho (PRP-RJ), que também convidou outros representantes do Estado do Rio na capital federal para mobilizar mais apoios na cobrança por melhorias na estrada.

Entre os deputados convidados estão sua irmã, Clarissa Garotinho (PROS-RJ), além dos deputados Felício Laterça (PSL-RJ) e Christino Aureo (PP-RJ), que representariam as cidades de Campos dos Goytacazes e de Macaé.

O encontro deve ter a presença do diretor-geral da ANTT, Mário Rodrigues, além de técnicos da Agência e representantes da concessionária Arteris, responsável pela via. No início desse mês, alguns jornais do país revelaram que o governo Bolsonaro estaria analisando a possibilidade de permitir à concessionária aumentar o valor do pedágio cobrado na rodovia federal.

A justificava seria que, mais de uma década após o leilão, essas estradas precisam de investimentos, mas o valor da tarifa é considerado baixo para cobrir o custo dos operadores, mais uma vez repassando a conta para o bolso da população.

De acordo com uma reportagem publicada no jornal O Globo, no último dia 12, os aumentos seriam analisados caso a caso, mas poderiam chegar a até 50% dependendo do conjunto de obras a serem feitas.

“Reajustes extraordinários só serão autorizados mediante novos investimentos e serão apreciados em consulta pública. O nosso foco é o usuário”, explicou o ministro da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas, por meio de redes sociais.

Mais lidas da semana