Mídias Sociais

Política

Situação da malha ferroviária do Estado do Rio é tema de audiência pública na Alerj presidida por ex-vereador de Macaé

Avatar

Publicado

em

 

Aconteceu no início da tarde desta quarta-feira, 6, a primeira audiência pública realizada na Assembleia Legislativa do Estado do Rio (Alerj), em conjunto, pela Comissão de Turismo da Alerj, a Frente Parlamentar Rio nos Trilhos, e o Fórum de Desenvolvimento do Rio.

O encontro foi presidido pelo deputado estadual Welberth Rezende (CIDADANIA), que preside da Comissão de Turismo da Alerj e também a Frente Parlamentar em defesa da malha ferroviária fluminense.

“Realmente é a 1ª audiência pública de uma comissão que demorou muito a nascer”, assumiu o deputado.

Na pauta do encontro, a situação das ferrovias fluminenses, abandonadas em muitas localidades do Estado do Rio, e que deveriam ter sido melhor cuidadas por prefeitos e governadores ao longos dos últimos anos.

Na audiência, o presidente da Ferrovia Centro-Atlântica S.A. (FCA), José Osvaldo Cruz, se disponibilizou para participar da recuperação da 1ª ferrovia do Brasil, a Estrada de Ferro Mauá, antes conhecida como Imperial Companhia de Navegação a Vapor e Estrada de Ferro de Petrópolis, inaugurada em abril de 1854.

Também presente à audiência, o ex-ferroviário e autodenominado ferroativista Alex Medeiros, do Movimento Ferrovia Viva, de Macaé, ressaltou junto aos representantes da FCA a importância de resgatar o trecho da ferrovia entre Silva Jardim e Campos dos Goytacazes.

“Prefeitos passaram cerca na linha, prefeitos colocaram cerca na linha, prefeitos construíram ruas muito próximas à linha. Precisamos fazer uma reunião com todos os prefeitos da região do trecho porque eles precisam assumir que a linha férrea está no terreno das prefeituras, mas não é das prefeituras, é do governo federal”, criticou Alex Medeiros.

Por fim, depois de ouvir as reivindicações de prefeitos de Sapucaia, no Rio, Fabrício Baião (MDB), que ouviu do Secretário Estadual de Transportes, Delmo Manoel Pinho, que o projeto de Sapucaia e Três Rios é um dos mais adiantados do Estado.

Por fim, Welberth, que foi vereador em Macaé entre 2013 e 2018, e deixou a Câmara Municipal para assumir uma cadeira na Alerj, agradeceu a presença de todos à audiência pública, ressaltando que a comissão encaminhará as pautas referentes à malha ferroviária fluminense aos governos municipais, ao governo estadual e ao governo federal.

Mais lidas da semana