Mídias Sociais

Política

Sem pausa para a Copa, Prefeitura de Macaé avança em obras de infraestrutura na cidade

Publicado

em

 

Equipes da prefeitura ajudam o município a promover obras de infraestrutura em diversas áreas e que beneficiam várias localidades de Macaé

Enquanto o mundo ainda comenta o título mundial da França na Copa do Mundo da Rússia, no último domingo, 15, a Prefeitura de Macaé não parou durante os 32 dias do mundial e seguiu trabalhando visando melhorar a infraestrutura da cidade.

E contrariando os discursos de alguns oposicionistas, os investimentos em obras de infraestrutura por toda a cidade continuam, agora com ampliação de ações em diversos bairros e localidades do município.

“As intervenções acontecem em pontos diferentes da cidade e são voltadas para a melhoria da qualidade de vida da população. O Bairro da Glória e o Jardim Esperança são contemplados com obras de melhoria na drenagem e urbanização. As obras do anexo do Mercado de Peixes seguem aceleradas e o reforço e a recuperação do viaduto, situado na Rodovia Amaral Peixoto, na Praia Campista, também estão em andamento. Quatro novas Unidades Básicas de Saúde (UBSs) estão sendo construídas em Macaé para ampliar, ainda mais, o atendimento da Atenção Básica à população - seis equipes vão atuar nos novos espaços”, detalhou o governo municipal nesta terça-feira, 17.

No Bairro da Glória, as ações incluem drenagem do Canal do Capote, pavimentação às margens da Linha Verde e intervenções com o objetivo de ampliar o escoamento das águas em período de chuva.

“A Prefeitura de Macaé investe, com recursos próprios, cerca de 18 milhões de reais na urbanização no bairro. As ações visam beneficiar diversas ruas e também o entorno. Além de ampliar o escoamento, as obras vão evitar os alagamentos que causam prejuízos aos motoristas e moradores do bairro”, comentou o governo.

Ainda devido à revitalização no bairro, um trecho da Linha Verde próximo às instalações do futuro hospital da Unimed, segue interditado desde o dia 9 desse mês, no sentido Bairro da Glória x Aroeira, motivo pelo qual o sentido Aroeira x Bairro da Glória funcionará com faixa reversível.

No Jardim Esperança, a população segue com expectativa alta para a entrega das obras de urbanização no bairro, que convive há anos com problemas causados pelas chuvas. Para solucionar o problema, a prefeitura tem várias frentes de trabalho, com intervenções que vão melhorar a qualidade de vida dos moradores.

“A urbanização está em fase final. Já foram feitas as calçadas e serviços de esgotamento sanitário e de drenagem, com instalação de redes de água pluviais e de esgoto. Essa semana, os funcionários que atuam no bairro nivelam o solo que receberá o asfalto em breve”, explicou a prefeitura.

Ainda de acordo com o governo municipal, a urbanização contempla cerca de 20 ruas, com 2,5 quilômetros (2,5 km) de vias e rede de esgoto, além da construção de uma elevatória que deve ser entregue em agosto, com o término da urbanização.

No Anexo do Mercado de Peixes, o ritmo acelerado, com as obras acontecendo no prédio onde funcionava o antigo restaurante popular Prato Cheio, garantindo um espaço fixo aos comerciantes de pescados que, atualmente, trabalham na tenda externa do espaço.

“Com 360 metros quadrados (m²), a nova estrutura vai contar com 16 bancas, além de 4 outras destinadas para acolher hortifruti, lanchonete e a floricultura que, atualmente, também estão na tenda. O anexo seguirá os padrões de qualidade, higiene e controle do pescado, de acordo com as normas de vigilância sanitária. A previsão é de que os trabalhos sejam concluídos dentro de 2 meses”, avisou a gestão do município.

A prefeitura diz ainda que as obras do anexo servem para dar sequência à revitalização da região, iniciada em 2015, com a reinauguração do novo Mercado de Peixes, com área de cerca de 1.000 m², com 44 bancas, para o comércio de pescado, um dos marcos da primeira gestão do Prefeito Dr. Aluízio (sem partido).

Outra obra em andamento, realizada pela Prefeitura de Macaé, é o reforço e a recuperação do viaduto, situado na Rodovia Amaral Peixoto, na Praia Campista, próximo à uma das entradas de uma das bases da Petrobras na cidade.

“Os trabalhos são necessários devido ao desgaste natural da estrutura, principalmente pela proximidade com o mar, que causa corrosões”, explicou o governo.

De acordo com a Secretaria de Obras, a recuperação da ponte é necessária e o contrato, com investimento de R$ 1.201.720,61, prevê ainda a atuação de empresa especializada, mão de obra, material e equipamentos necessários.

Conforme já havia explicado o Secretário de Obras, Saulo Ramos, as vias do viaduto serão recompostas por partes, para que não ocorra interrupção total do trânsito na região durante as intervenções no importante acesso à região central da cidade.

Na área da Saúde, o governo municipal continua construindo 4 novas UBSs, com objetivo de ampliar o atendimento da Atenção Básica na cidade.

Nestas 4 unidades, serão 6 equipes atuando, ampliando a oferta de atendimento preventivo à população da cidade, principalmente nos bairros da Ajuda, Nova Holanda, Nova Esperança, São José do Barreto, Barramares, e no Parque Aeroporto.

Com previsão de entrega para o segundo semestre desse ano, as unidades estão sendo construídas em áreas próprias do município. Juntas, as unidades atenderão 40 mil pessoas, moradoras desses locais e de bairros adjacentes.

“Além do atendimento de médico de família, as unidades oferecerão consulta de enfermagem, vacinação, curativos, fisioterapia, preventivo, pré-natal, acolhimento a hipertensos e diabéticos. Isso inclui, também, as visitas domiciliares. Com as novas UBSs, o bairro da Ajuda terá 3 equipes, Barramares, duas equipes, Namorado, 3 equipes, e Nova Holanda, duas equipes. Cada uma é responsável por 4 mil pessoas. Algumas, como a do bairro Ajuda, já estão implantadas e atendem a população. Agora, elas ganharão novas instalações físicas para melhorar a assistência”, detalhou a prefeitura nesta terça-feira.

A gestão municipal lembra ainda que a cidade possui 43 equipes de Estratégia Saúde da Família (ESF), que abrangem 172 mil pessoas e, com as 6 novas equipes, o número chegará a 196 mil pessoas beneficiadas pela ampliação da oferta de atendimento, fazendo com que a cobertura atual da ESF chegue a 70% na área central do município, e de 100% na região serrana.


 

Mais lidas do mês