Mídias Sociais

Cidades

Robson Oliveira anuncia que pretende instalar CPI do Combustível para investigar preços abusivos nos postos de Macaé

Bertha Muniz

Publicado

em

 

Na semana passada, o parlamentar visitou postos no município para constatar essa realidade. 

Conhecida nacionalmente como a Capital do Petróleo, Macaé não condiz com seu rótulo quando o assunto é o preço do litro de combustível. A população reclama do alto valor cobrado na cidade e muitos protestam contra um suposto cartel existente no município. Enquanto isso, os donos de postos de gasolina se defendem alegando as taxas estabelecidas pelas distribuidoras.

O assunto foi pauta de um anúncio feito pelo vereado Robson Oliveira (PSDB), em seu programa de rádio nesta quinta-feira (13). O radialista e parlamentar afirmou, ao vivo, que pretende instalar a CPI do Combustível para investigar a atuação de postos e distribuidoras, descobrir a razão do ágio e forçar a redução de preços.

Impulsionada pelas atividades de exploração de petróleo, Macaé contraria a expectativa de preço acerca dos derivados do ouro negro, no que diz respeito à revenda de combustíveis. Na semana passada, Robson Oliveira visitou postos no município para constatar essa realidade. Na ocasião, o vereador confirmou que os postos de combustível de Macaé praticam preços estranhamente semelhantes, o que pode configurar a formação de um cartel. A visita foi acompanhada pela equipe do Procon. Para criar a CPI, o parlamentar irá precisar da assinatura de pelo menos 6 vereadores para aprovar o Requerimento e, na sequência, de 11 vereadores para aprovar a instalação da mesma.

A visita foi acompanhada pela equipe do Procon. Para criar a CPI, o parlamentar irá precisar da assinatura de pelo menos 6 vereadores para aprovar o Requerimento e, na sequência, de 11 vereadores para aprovar a instalação da mesma.

Mais lidas da semana