Mídias Sociais

Destaque

Comando de Operações Especiais e Batalhão de Ações com Cães da PM realizam operação em comunidades de Macaé

Bertha Muniz

Publicado

em

 

Ação teve objetivo de coibir o tráfico de drogas na Nova Holanda, Nova Esperança e Malvinas, além de cumprir mandados de prisão.

Agentes do Comando e Operações Especiais (COE) em conjunto com o Batalhão de Ações com Cães (BAC) da Polícia Militar, realizaram uma megaoperação nas comunidades da Nova Holanda, Nova Esperança e Malvinas, desde o início da manhã de quinta-feira (13), em Macaé. O objetivo da megaoperação foi coibir o tráfico de drogas, encontrar armazenamentos de materiais entorpecentes e prender criminosos que estão com mandado de prisão em aberto.

De acordo com o COE, as equipes que vieram da capital, chegaram à cidade por volta das 6h da manhã e entraram nas comunidades dominadas pelo tráfico por volta das 8h, onde mais de 10 veículos do COE e 100 agentes participaram da operação.

Na comunidade Nova Holanda, houve registro de disparos de arma de fogo, mas ninguém ficou ferido. Traficantes que costumam ficar de ‘vigia’ em torres, lajes e até mesmo em casas abandonadas, fugiram para outras comunidades adjacentes.

Segundo informações dos moradores dessas localidades, alguns agentes aproveitaram o abuso de poder policial, onde abordavam algumas pessoas e agrediam verbalmente.

De acordo com os policiais, foi feito um cerco em vários becos e vielas dessas comunidades, onde quintal, casas abandonadas e terreno baldio foram revistados com apoio de cães farejadores, com objetivo encontrar tonel com drogas, já que a comunidade é conhecida por armazenar grande quantidade de materiais entorpecentes e até mesmo armamentos pesados.

Em uma comunidade que fica ao lado na Nova Holanda, que é a Nova Esperança, agentes desconfiaram de um homem que, segundo a polícia, apresentou um comportamento suspeito. Após ser abordado, foi verificado que nada constava contra ele.

A COE e o BAC ainda não divulgaram um balanço da operação e nem confirmam ter acontecido confronto entre traficantes e policiais que resultaram na troca de tiros. Moradores da comunidade, no entanto, relatam através das redes sociais tiroteios na região.

Mais lidas do mês