Mídias Sociais

Política

Reunião de supervisores de ensino de Macaé com Secretário de Educação traça rumos do setor municipal em 2019

Avatar

Publicado

em

 

Grupo de supervisores da Educação municipal participa do compartilhamento da administração das escolas e das decisões junto aos gestores do setor, acompanhando de perto todas as ações, com visitas frequentes às unidades escolares

Em reunião realizada nesta terça-feira, 12, supervisores de ensino de Macaé se reuniram com o Secretário de Educação e vereador licenciado, Guto Garcia (MDB), para discutir as ações a serem tomadas neste ano de 2019.

Segundo a pasta, a ênfase foi a questão da segurança escolar, medida prioritária solicitada pelo Prefeito Dr. Aluízio (sem partido), além da construção de duas novas escolas, uma no Lagomar e outra no Jardim Franco.

A expectativa, de acordo com a Educação, é que em 2019, o Lagomar, um dos bairros mais populosos do município, ganha uma nova unidade para atender o segmento Infantil e o Ensino Fundamental, com 22 salas e capacidade para atender 800 alunos por turno, reduzindo a alta demanda do bairro.

No encontro, realizado no auditório Claudio Ulpiano, na Cidade Universitária, o secretário explicou que a escola no Lagomar está sendo construída em parceria com o governo estadual, que poderá compartilhar o espaço oferecendo também o Ensino Médio para a comunidade.

O gestor da Educação aproveitou a reunião para anunciar que as escolas municipais de Macaé ganharão laptops, investindo em inovação e tecnologias em salas de aula, atendendo a pedidos antigos da Câmara Municipal, que há anos requer da gestão municipal a modernização das escolas e do ensino.

Além disso, Guto Garcia revelou que terá uma reunião com representantes da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ) com objetivo de ampliar ações para a qualificação dos professores, a partir de um convênio com a universidade que traria a possibilidade de oferecer mestrado para os profissionais da Educação de Macaé no Centro de Formação da UERJ, em São Gonçalo.

De acordo com a Secretaria de Educação, o grupo de supervisores participa do compartilhamento da administração das escolas e das decisões junto aos gestores do setor, acompanhando de perto todas as ações, com visitas frequentes às unidades escolares.

“O futuro da Educação é dar autonomia geral às escolas em termos de infraestrutura para os diretores gerenciarem as finanças, a merenda, o transporte e outras questões, sem perder a identidade de rede bem estruturada, ficando a Secretaria de Educação dedicada a trabalhar as políticas públicas pedagógicas”, comentou o secretário Guto Garcia.

A pasta informou ainda que, atualmente, o grupo está cuidando do Regimento Escolar e de como será feita a identificação de todas as pessoas que têm acesso às escolas, desde funcionários a visitantes, conforme recomendação do Ministério Público do Estado do Rio (MP-RJ).

Além disso, o grupo de supervisores vem participando das discussões sobre a remodelagem do E-Cidade Macaé, software público de gestão municipal que contém dados atualizados sobre a Educação como um todo, como transporte, alimentação, estatísticas e outros.

A Secretaria de Educação lembrou que os supervisores também debatem a realização da prova de 2ª época, no fim do ano, e o aumento do tempo de aulas de Redação, levando em conta que a prova vale 1.000 pontos no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), entre outras questões relevantes para a área.


 

Mais lidas do mês