Mídias Sociais

Cidades

Resultado das eleições municipais aponta consolidação do PMDB na região

Avatar

Publicado

em

 

Apesar de todas as urnas da Região dos Lagos e do Norte Fluminense terem sido apuradas ainda na noite do último domingo, 2, o resultado das eleições municipais ainda está longe de ser decidido, mas já apontam as tendências políticas da região.

Embora muitas cidades ainda aguardem resultados de julgamentos de recursos tanto na disputa do Executivo quanto do Legislativo, os dados divulgados pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) a respeito do resultado das urnas da região apontam a consolidação do domínio do PMDB na região.

Foram 4 prefeitos em 11 cidades, sendo 3 reeleitos, e nada menos do que 23 vereadores, o partido que mais conseguiu vagas tanto no Executivo quanto no Legislativo.

Na disputa majoritária, o partido venceu com Dr. André, em Armação dos Búzios; Carlos Augusto, em Rio das Ostras; Cláudio Chumbinho, em São Pedro da Aldeia; e Dr. Aluízio (na foto, com seu vice, Vandré Guimarães, também do PMDB), em Macaé.

E o número pode aumentar ainda mais, se a Justiça Eleitoral reverter o indeferimento em primeira instância de Marquinho Mendes, em Cabo Frio, e de Cláudio Linhares, Conceição de Macabu. Com recursos em julgamentos, os dois venceram nas urnas, mas seguem com as candidaturas impugnadas no site do TSE.

Caso a situação nos 2 municípios se mantenha, as demais cidades da região elegeram um prefeito de cada partido, sendo 1 do PDT em Araruama, 1 do PRB em Arraial do Cabo, 1 da REDE em Cabo Frio, 1 do PP em Carapebus, 1 do PSC em Casimiro de Abreu, 1 do PSDB em Macabu, e 1 do PTN em Quissamã.

No Legislativo, o PMDB também dominou as votações, elegendo 23 vereadores, sendo 5 em Macaé, 4 em São Pedro da Aldeia e 3 em Rio das Ostras, e não ocupando pelo menos uma apenas em Cabo Frio.

Em segundo lugar entre os partidos, mas bem mais atrás, aparecem o PPS com 9 vereadores; PSDB, PV e PP com 7; PTB, SD e PRB com 6; DEM, PSD, PSB e PDT com 5; PEN e PTdoB com 4; PSL e PSC com 3; PSDC e PR com 2; e PMN, PCdoB, PPL, PROS, PTC, PT, REDE, PMB e PTN com apenas 1 parlamentar.

Os números demonstram a derrota do PT, que foi perseguido politicamente depois dos escândalos da Lava Jato, que culminou no golpe político que aprovou o impeachment da Ex-Presidente Dilma Rousseff, em maio deste ano.

Os resultados mostram também o fortalecimento de partidos como o PRB, o SD, o PV, o PP e o PPS, além do ressurgimento do PSDB na região. E reforçam a queda do PR, do ex-governador Anthony Garotinho, de Campos, que elegeu apenas 2 vereadores somando as 11 cidades da região. Isso, é claro, se mais julgamentos de recursos não mudarem a composição das Câmaras Municipais, como aconteceu com Macaé, onde saíram 1 vereador do PSDB e 1 do PMB para a entrada de 1 da REDE e 1 do PPS. Até o julgamento desses recursos, a composição do Legislativo permanece uma preocupação para prefeitos eleitos e vereadores, que quebram a cabeça para costurar alianças para os próximos 4 anos.

Tunan Teixeira

Mais lidas da semana