Mídias Sociais

Política

PT tenta se organizar para voltar a disputar prefeituras na região e já aparece com supostos nomes em Campos e Macaé

Avatar

Publicado

em

 

Conforme esse ano de 2019 vai se aproximando do fim, aumentam as especulações em todas as cidades da região a respeito de pré-candidaturas visando as eleições municipais marcadas para outubro de 2020.

E assim como acontece em Macaé, onde blogs e políticos pipocam nomes e chapas para todos os cargos, supondo chapas e alianças, em Campos dos Goytacazes, mais um blog, dessa vez do diretor do Diretório Central dos Estudantes da Universidade Estadual do Norte Fluminense (UENF) e militante do PT, Gilberto Gomes, ventilou o que pode ser mais um nome para a corrida eleitoral na cidade no ano que vem.

Perdendo força na região nos últimos anos, com o abandono de várias de suas lideranças políticas nos municípios da Região dos Lagos e do Norte Fluminense, o PT pretende voltar a figurar entre as forças regionais nas próximas eleições.

Para a corrida municipal em Campos, o blog hospedado no portal Folha1 aponta que o PT já tem 2 pré-candidatos a prefeito, o da presidente do diretório municipal do partido e ex-vereadora, Odisséia Carvalho (PT), e o do petroleiro José Maria Rangel (PT), e pode ganhar o reforço do ex-deputado estadual Geraldo Pudim.

Atualmente no MDB, o ex-deputado estaria tentando a filiação ao PT visando a disputa por uma das cadeiras na Câmara Municipal de Campos em 2020, o que poderia fortalecer o partido nessa primeira eleição sem as coligações.

A informação teria sido confirmada pela própria presidente do PT de Campos, Odisséia Carvalho, em reportagem ao Folha1, que explicou que o nome de Geraldo Pudim deve ser avaliado pelo partido na próxima semana.

Apesar de com menos holofotes, movimentações semelhantes estariam esquentando o PT de Macaé, que terá a liderança do secretário de Desenvolvimento Econômico, Comércio, Indústria, Petróleo e Portos de Maricá e ex-vereador de Macaé, Igor Sardinha (PT), que havia deixado o partido em 2016 e retornou ano passado.

Em entrevista ao blog do jornalista Daniel Galvão, em outubro desse ano, após as eleições internas do PT do Rio, o novo presidente estadual do partido, João Mauricio de Freitas (PT), deixou escapar o nome do ex-vereador macaense ao falar sobre candidaturas municipais em 2020.

“Inclusive em Macaé, onde temos nomes importantes e que reúnem totais condições de governar a cidade, como Igor Sardinha, por exemplo, que já foi vereador de destaque no município e candidato a prefeito”, disse João Mauricio de Freitas, ao enfatizar que o trabalho que vem sendo realizado em Maricá servirá de referência para outras candidaturas do partido nas cidades fluminenses no ano que vem.

Caso consiga se organizar nos diretórios municipais da região, o PT pode voltar a se posicionar de maneira mais firme nas políticas locais, diferente do que fez nas últimas eleições, em 2016, quando não lançou nenhuma candidatura a prefeito na região, e conseguiu apenas duas cadeiras nos legislativos, com os vereadores Marcel Silvano (PT), em Macaé; e Soninha Pereira (PT), em São João da Barra.

Mais lidas da semana