Mídias Sociais

Política

PSOL anuncia vice de Igor, Welberth recebe apoio de Dr. Aluízio, a volta de Mussi e Lopes, as novidades das eleições em Macaé

Avatar

Publicado

em

 

Com o fim do período das convenções partidárias, a cidade de Macaé cai começando a se acostumar com os nomes que podem estar nas urnas para a disputa para prefeito no próximo dia 15 de novembro, quando acontecerá o pleito municipal deste ano.

Embora a maioria dos nomes não seja, por si só, uma grande surpresa, é bom o eleitor ficar de olho, porque algumas coisas mudaram deste o último pleito, em outubro de 2016, quando o atual prefeito, Dr. Aluízio, na época no MDB e hoje no PSDB, venceu com folga.

Um dos que foram derrotados nas eleições municipais de 2016, o ex-vereador Igor Sardinha (PT), que na época estava no antigo PRB, atual REPUBLICANOS, teve sua o nome Emily Santos (PSOL) confirmado como candidata a vice na chapa.

“Apresentamos nossa indicação à pré-candidata do PSOL à vice-prefeita na coligação com o PT. Por uma Macaé mais justa a unidade popular se expressa nessa coligação.

Por isso nossa indicação é Emily Santos que está aprovada como pré-candidata a vereadora, mas que abriria mão para a enorme tarefa de, ao lado de Igor Sardinha, fazer um governo popular e participativo”, escreveu o diretório do partido em Macaé, em sua conta no Facebook nesta quarta-feira, 16.

Ainda na publicação, a própria Emily Santos reforçou que a escolha de seu nome tem a ver com representatividade, pauta que já faz parte das lutas do PSOL, partido ainda jovem na história política nacional, e que, em Macaé, conta com o ex-vice-prefeito e es-vereador, Danilo Funke (PSOL), outro que fora derrotado por Dr. Aluízio nas eleições de 2016, quando estava na REDE.

“Acredito que o PSOL fará sua decisão com grande competência e acúmulo diante da conjuntura que está posta nessa eleição. A importância de incluir ainda mais mulheres negras na política não é porque nossa querida Marielle [Franco, PSOL] foi brutalmente assassinada ou porque é cota. Incluir mais mulheres negras na política é entender que vivemos em um país onde mulheres negras são as protagonistas de uma luta diária. São as mulheres negras que estão nas ruas, nas escolas, nos trabalhos e, em sua maioria, numa posição precária. É necessário que essas mulheres se sintam representadas e, mais do que nunca, tenham o direito de viver melhor, e nada mais justo que a representação disso tudo ser outra mulher negra. Entendam o quão importante isso é, não só dentro da disputa eleitoral e sim em todos os nossos convívios. Nossa linha de raciocínio não vai mudar quando falamos da representatividade racial. Nós só precisamos enxergar um pouco o que porque de sermos um partido que quer a mudança, porque não podemos e não vamos deixar nenhuma pauta oculta. Acredito muito no potencial de todos aqui para refletir que escolher uma mulher negra como vice não é por cota, é por representatividade”, diz Emily Santos no texto publicado na página do PSOL Macaé.

Outro nome que está nas urnas para a disputa do Executivo municipal é o de outro ex-vereador de Macaé, e agora deputado estadual, Welberth Rezende (CIDADANIA), que, nesta terça-feira, 15, recebeu o apoio do próprio Dr. Aluízio, que usou sua conta no Twitter para anunciar o apoio ao ex-vereador.

“Amanhã (16) é dia de convenções. Vou com Welberth de prefeito e Chapeta de vice”, escreveu Dr. Aluízio.

O vice da chapa, o ex-secretário de Infraestrutura de Macaé, Célio Chapeta (PSDB), foi confirmado nos últimos dias, assim como o apoio que a chapa recebeu do PODE, partido do presidente da Câmara Municipal de Macaé, Dr. Eduardo Cardoso (PODE).

“É com carinho que agradeço às demonstrações de apoio que recebemos durante todo o período de pré-campanha. Por cada canto de Macaé que percorri, recebi sorrisos, abraços, olhares de esperança e palavras de incentivo. Ontem recebemos a declaração de apoio do prefeito Dr. Aluízio à nossa caminhada. Inegável que me sinto feliz com seu entendimento que temos a melhor proposta para a nossa cidade. Importante receber o apoio do governo que teve grande êxito no enfrentamento da grave crise do petróleo e que também obteve resultados positivos durante o enfrentamento da pandemia. Incluindo Macaé, como a 1ª cidade do nosso Estado na faixa verde. Tudo isso mostra que estamos no caminho certo. Tendo como missão e compromisso, fazer uma Macaé ainda melhor e mais justa para todos”, agradeceu o deputado estadual Welberth Rezende em vídeo publicado no Facebook.

Outro nome conhecido que pode estar nas urnas no próximo dia 15 de novembro para a disputa da prefeitura é o do ex-prefeito Riverton Mussi (PDT), que teve sua candidatura confirmada em convenção partidária realizada nesta quarta-feira.

“Boa noite, minhas amigas e meus amigos! É com grande alegria que tive meu nome junto do meu amigo Dr. Luís da Penha (PTC) aprovado em convenção, por unanimidade, como pré-candidato a prefeito e vice-prefeito, respectivamente, pela coligação formada pelos partidos PDT e PTC. Vamos à luta! Um abraço do amigo de sempre, Riverton”, publicou o ex-prefeito de Macaé entre 2005 e 2012.

Mais um nome bastante conhecido da política macaense que deve aparecer na urna é o de Silvinho Lopes (DEM), filho de outro ex-prefeito, Sílvio Lopes, e que também teve seu nome confirmado em coligação realizada nesta quarta-feira.

“Política se faz conversando. E a gente precisa conversar com as pessoas, expor nossas ideias, e para isso, a gente conta com uma equipe bacana que está aí nos ajudando, uma equipe motivada que entendeu a nossa proposta e comunga das mesmas ideias que tem espírito público”, disse Silvinho Lopes, também em vídeo publicado no Facebook.

Outro que usou sua página no Facebook para confirmar sua candidatura após convenção partidária desta quarta, foi o vereador radialista, Robson Oliveira (PTB), que terá como vice Renatinha do Vôlei (PSL), do deputado federal Felício Laterça (PSL).

“Homologamos a nossa chapa que disputará a próxima eleição para a Prefeitura de Macaé. Quero agradecer ao meu amigo Delegado Felício Laterça, que através do PSL, indicou Renatinha do Vôlei como candidata a vice, a coordenadora do nosso plano de governo, Luciana Thomaz, e todos os pré-candidatos de nossa coligação que com certeza, será vitoriosa. Juntos vamos fazer de Macaé uma cidade boa pra todo mundo e não somente para alguns!”, escreveu o vereador radialista.

Devem completar a lista os nomes do empresário André Longobardi (REPUBLICANOS), que, assim como Robson Oliveira tenta surfar na onda bolsonarista, além da professora Sabrina Luz (PSTU) e de Ricardo Bichão (PRTB).

Mais lidas da semana