Mídias Sociais

Política

Proposta de 6 deputados de PSDB, PT, PSOL, PSB e PDT quer mudanças sérias na Alerj em 2019

Avatar

Publicado

em

 

Entre as propostas dos deputados está a não reeleição da Mesa Diretora e cortes de 30% dos cargos da Assembleia Legislativa do Estado do Rio (Alerj) no próximo ano

Um documento que vem sendo preparado por 6 deputados de 5 partidos, contendo 13 propostas, pode apresentar mudanças significativas para a Assembleia Legislativa do Estado do Rio (Alerj) em 2019.

Entregue ao presidente interino e candidato à reeleição, André Ceciliano (PT), o pacote partiu de um texto dos deputados estaduais reeleitos Luiz Paulo (PSDB) e Lucinha (PSDB), tendo agregados pontos de outro documento divulgado pelo NOVO, resultando na versão final que foi fechada na última sexta-feira de 2018 no Palácio Tiradentes.

Entre as propostas está a não reeleição dos membros da Mesa Diretora, e a publicação das matérias, inclusive de Comissões Parlamentares de Inquérito (CPIs), em 72 horas, além da posse do suplente quando o titular faltar aos trabalhos por mais de 120 dias, seja qual for o motivo do afastamento.

Entre as propostas estão ainda cortes de 30% dos cargos do Legislativo estadual, e a extinção definitiva da frota, que já está decidida, mas encontra quem a quer de volta nos corredores da Alerj, além da criação de uma verba de gabinete, para pagar publicações, mídias, estudos técnicos e especializados, como existe na Câmara Federal.

Juntamente com Luiz Paulo, assinam o documento os deputados estaduais, Martha Rocha (PDT), Carlos Minc (PSB), Waldeck Carneiro (PT), Eliomar Coelho (PSOL) e Flávio Serafini (PSOL), todos também reeleitos para a legislatura que começa em fevereiro desse ano.

Mais lidas do mês