Mídias Sociais

Política

Programação do mês da mulher continua nesta semana em Macaé com atividades variadas

Publicado

em

 

A programação especial da Prefeitura de Macaé que homenageia o Dia Internacional da Mulher, celebrado no último dia 8, segue nesta semana e em todo o mês de março com atividades previstas para esta quarta-feira, 16, no Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) do Lagomar.

Das 9h às 12h, serão oferecidas orientações sobre a Coordenadoria Geral de Políticas de Direitos e Fomentos à Inclusão, e sobre como obter a carteira das pessoas com espectro autista, além de uma oficina de consultoria de imagem e personal stylist, com Meyre Villela.

A programação continua nesta quinta-feira, 17, também das 9h às 12h, com a equipe do Centro Especializado de Atendimento à Mulher (Ceam) de Macaé promovendo mais uma ação do Ceam Itinerante, dessa vez visitando o Assentamento Celso Daniel.

Lançado no dia 8, o programa Ceam Itinerante, que já visitou o centro da cidade e a região serrana, tem a previsão de promover outras ações ainda este mês, e continuar durante todo o ano, levando serviços e orientações sobre a Lei Maria da Penha e direitos da mulher, além de assistência jurídica, com a equipe do Ceam e de órgãos que fazem parte da Rede de Proteção e Atendimento à Mulher.

Na última ação (na foto), que aconteceu no Cria Sana, no distrito do Sana, na região serrana, o Ceam Itinerante ofereceu orientações ainda oficina de artes manuais; blitz educativa com equipe da Patrulha Maria da Penha; orientações e balcão de emprego; 2ª via de carteira de identidade e agendamento; oficinas, orientações e distribuição de kits odontológicos para mulheres; e aferição de pressão e glicose.

Além do Ceam, a Rede é composta pelo Juizado de Violência Doméstica (JVD), pela Defensoria Pública e pelo Ministério Público do Estado do Rio (DPRJ e MPRJ), pela Área Técnica de Vigilância à Violência (Atavi), pelo Curso de Psicologia da Faculdade Católica Salesiana, pelo 32º Batalhão da Polícia Militar (32º BPM), pela 123ª Delegacia de Polícia Civil (123ª DP), pelo Instituto Médico Legal (IML), pelas secretarias de Mobilidade Urbana, e de Ordem Pública, pelo Núcleo de Pesquisa e Extensão em Direito das Mulheres (NUPEDIM), da Universidade Federal Fluminense (UFF), e pelo Programa Municipal Saúde do Homem, da Secretaria de Saúde, entre outros.

Mais lidas da semana