Mídias Sociais


Política

Programação do Agosto Lilás segue nesta semana em Macaé com ações variadas de combate à violência contra a mulher

Publicado

em

 

A Secretaria de Políticas para as Mulheres de Macaé anunciou uma programação especial para o Agosto Lilás, mês que marca a comemoração pelos 16 anos da Lei Maria da Penha, com objetivo de conscientizar a população sobre a prevenção e o combate à violência contra a mulher.

A campanha do Agosto Lilás começou nesta terça-feira, 2, e se estende por todo o mês, com diversas atividades que incluem o 1º Encontro das Servidoras e o Fórum Intermunicipal da Rede de Atendimento e Proteção à Mulher, além de ações de panfletagem sobre as ações da nova pasta, criada em abril desse ano.

A programação contará ainda com palestras sobre a Lei Maria da Penha, de 7 de agosto de 2006, assim como rodas de conversa, a retomada do Projeto Maria da Penha nas Escolas, e o encerramento do Projeto Refletir, entre outras ações.

“Agosto é o mês nacional de combate à violência contra a mulher e queremos chamar a atenção da sociedade para essa causa tão importante. As nossas ações têm como objetivo mostrar a importância da Lei Maria da Penha e os caminhos que as mulheres no nosso município têm para romper o ciclo de violência”, afirmou a secretária de Política para as Mulheres, Jane Roriz.

A prefeitura lembra que, de acordo com dados do Dossiê Mulher 2021, produzido pelo Instituto de Segurança Pública do Estado do Rio (ISP-RJ), a cada 5 minutos, aproximadamente, uma mulher foi vítima de alguma violência, e os casos de feminicídio aumentaram 73% nos últimos 5 anos no Estado do Rio.

A programação do Agosto Lilás segue nesta quinta-feira, 4, com uma ação do Centro Especializado de Atendimento à Mulher (CEAM) no Centro de Referência em Assistência Social (CRAS) do Lagomar, às 8h30.

Nesta sexta, 5, o programa Prefeitura Presente leva serviços para a população do Campo D’Oeste, às 9h, e no sábado, 6, no mesmo horário, acontece uma roda de conversa com o tema “O CEAM no enfrentamento à violência contra a mulher”, no Lar de Maria, no centro da cidade, encerrando as ações desta semana.

Mais lidas da semana