Mídias Sociais

Política

Produtores rurais de Macaé poderão receber selo nacional para comercialização de produtos de origem animal

Avatar

Publicado

em

 

Através da Secretaria de Agroeconopmia, a Prefeitura de Macaé recebe auditores do Ministério da Agricultura até esta quarta-feira, 28, para a realização de vistorias em empresas para verificar se elas podem receber o selo do Sistema Brasileiro de Inspeção de Produtos de Origem Animal (Sisbi).

Segundo o Executivo, o objetivo é possibilitar que esses produtores do município estejam legalizados para comercializar seus produtos em outras cidades e estados do país, fomento o setor agroeconômico macaense.

Secretário de Agroeconomia e vereador licenciado, George Jardim (MDB) explicou que todos os produtores de origem animal necessitam do selo do Serviço de Inspeção Municipal (SIM), certificação garante a qualidade e também a legalidade do empreendimento.

“Com o Sistema Brasileiro de Inspeção de Produtos de Origem Animal, o Sisbi, o empreendedor poderá vender seu produto não só em Macaé, mas também em outras cidades e estados. Nós seremos o primeiro município no Estado a ter como emitir esse selo”, comemorou George Jardim.

Para o secretário, ao adquirir esse selo, o produtor terá a oportunidade de ampliar seus negócios, fomentando a cadeia produtiva macaense e gerando também mais empregos no setor.

“Em nossa cidade, existem cadastrados 90 produtores de queijo, mas, somente 2 estão com o selo Serviço de Inspeção Municipal, o SIM. Quando o consumidor verifica que o produto foi inspecionado, tem a garantia de estar comprando um item com qualidade para o consumo”, explicou George.

Médico veterinário da Secretaria de Agroeconomia, Paulo Barros, que também é responsável pelo SIM, revelou que nesses 3 dias em que os auditores do Ministério da Agricultura estarão em Macaé, está programada a visita a duas empresas que comercializam pescado no município.

“Nós realizamos visitas quinzenalmente nos locais onde comercializam produtos de origem animal, pois é uma exigência de que eles tenham o selo de inspeção. Caso eles não tenham, serão notificados e orientados sobre a importância de tê-los. A adesão ao Sistema Brasileiro de Inspeção de Produtos de Origem Animal,  o Sisbi, será um grande ganho para o nosso município”, celebrou Paulo Barros.

O médico veterinário confia que, em setembro, os produtos terão os 2 selos, o SIM e o Sisbi, e acrescenta que a pasta disponibiliza 5 técnicos habilitados para fornecer informações aos produtores e orientar sobre o assunto.

Para obter mais informações, os produtores podem entrar em contato com a Secretaria de Agroeconomia através do telefone (22) 2759-1896, de segunda a sexta-feira, de 8h às 17h. A pasta funciona na Rodovia Amaral Peixoto, Km 171, S/N, no Parque de Exposições Latiff Mussi Rocha.

Mais lidas da semana