Mídias Sociais

Política

Primeira aeronave ATR 72 a pousar em Macaé tem recepção da equipe da ASeB, nova administradora do aeroporto

Avatar

Publicado

em

 

Na rua, a frase dita assim, soa como exagero. “Mas gente, parece que é uma nave alienígena que está chegando”, resmungou a mulher sobre a enxurrada de notícias, comentários, vídeos e lives nas redes sociais. O motivo? O primeiro voo comercial de passageiros estava pousando no Aeroporto de Macaé depois de 4 anos.

Em muitos lugares da cidade, não se falava em outra coisa. Havia já 4 dias desde que foi iniciada a operação, pelas empresas VoePass, como prefere ser chamada a Passaredo, e a MAP Linhas Aéreas, dos voos ligando os aeroportos de Macaé e Congonhas, em São Paulo. O problema é que nos outros 3 voos, o destino da aeronave ATR 72 foi o Aeroporto de Cabo Frio, devido a um atraso na liberação da nova pista do aeroporto macaense.

O que parece exagero na frase acima na verdade demonstra o tamanho da expectativa dos macaenses desde que a Azul Linhas Aéreas substituiu as aeronaves ATR 42 pelos modelos ATR 72, e encerrou suas atividades no município, no auge na crise internacional do petróleo, que fez despencar a oferta de emprego e a arrecadação na cidade.

Desde então foram 4 anos de luta de entidades empresariais e grupos políticos, da prefeitura e da Câmara Municipal, para que a pista do aeroporto passasse pelas obras necessárias para suportar o peso de aeronaves maiores e mais modernas como as ATR 72.

Com as obras da nova pista entregues em março desse ano, a expectativa aumentou depois que a Zurcih Airport venceu a concessão para administrar o aeroporto dias depois da entrega das obras que também foram feitas em um novo terminal de passageiros.

Mas o pouso do primeiro ATR 72 na Capital Nacional do Petróleo só aconteceu com a publicação de liberação pedida pela Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero), na manhã da última quarta-feira, 30 de outubro, permitindo assim que, horas mais tarde, por volta das 16h, o 4º voo que decolou da capital paulista por volta das 14h25, pudesse, enfim, pousar em solo macaense.

Nova administradora do aeroporto, a Aeroportos do Sudeste do Brasil (ASeB), do grupo Zurich Airport, comemorou o retorno dos voos comerciais de passageiros ao recepcionar os passageiros que vinham de São Paulo na tarde desta quarta.

“Para nós, é uma alegria muito grande participar desse momento tão importante, que marca a vida dos macaenses e a nossa como grupo Zurich Airport. Tivemos parte ativa na viabilização desse voo e nada melhor do que recepcionar os primeiros passageiros, mostrando nosso orgulho em fazer parte desta conquista para a cidade”, afirmou o CEO da empresa, Matthias Poeter.

Segundo a ASeB, a previsão é de que esse seja o início de uma série de conquistas que o aeroporto passará a ter após a empresa assumir as suas operações, algo que está previsto para acontecer na 1ª quinzena de dezembro.

“Estamos empenhados em estudar as viabilidades e promover melhorias para os próximos 30 anos. Nossa missão é gerir o aeroporto com a eficiência suíça, respeitando a cultura local” explicou Matthias Poeter, fazendo alusão à nacionalidade de origem do grupo Zurich Airport.

E esse parece ser só o início porque a Azul também já anunciou que, a partir de dezembro, pretende voltar a operar no Aeroporto de Macaé, com voos regulares para o Rio de Janeiro e Campos dos Goytacazes. Enfim expectativa é realidade.

Clique Diário

E. L. Mídia Editora Ltda
CNPJ: 09.298.880/0001-07
Redação: Avenida Atlântica, 2.500, sala 22 – Cavaleiros – Macaé/RJ

cliquediario@gmail.com
(22) 2765-7353

Mais lidas da semana