Mídias Sociais

Política

Presidente do PSL em Macaé, deputado federal Felício Laterça teria a missão de guiar o partido na disputa à prefeitura em 2020

Avatar

Publicado

em

 

Homenageado em sessão solene pelo aniversário de 206 anos da fundação da vila de Macaé, com uma placa de mérito político, o deputado federal Felício Laterça (PSL-RJ) foi escolhido como novo presidente do partido em Macaé.

“Fico imensamente agradecido ao receber esta homenagem no dia do aniversário de Macaé. Tenham certeza que nosso trabalho continuará em defesa do município!”, escreveu o deputado em sua conta no Facebook.

Homenageado pelo vice-presidente da Câmara Municipal e líder da bancada governista na Casa, o vereador Julinho do Aeroporto (MDB), o deputado federal, eleito em 2018 e que tomou posse na Câmara Federal no início desse ano, se consolidou na política na região depois de atuar como delegado da Polícia Federal em Macaé.

E agora, segundo o blog do jornalista Daniel Galvão, parece ter sido o escolhido para guiar o partido do presidente Jair Bolsonaro (PSL) nas eleições para a sucessão do atual prefeito, Dr. Aluízio (sem partido), que chegará ao seu segundo mandato no ano que vem, não podendo entrar na disputa, e sem ter anunciado nomes para seu sucessor

Ainda sem grandes nomes na política municipal, o PSL de Macaé também visa aproveitar a popularidade da legenda que elegeu a maior bancada da Assembleia Legislativa do Estado do Rio (Alerj), com 12 deputados estaduais, e a segunda maior bancada da Câmara Federal, com 54 deputados federais.

Felício Laterça, que sempre anunciou ter uma ótima relação com a família Bolsonaro, além de ter recebido apoio do próprio Prefeito Dr. Aluízio durante sua campanha, no ano passado, assumiu o comando municipal do partido no último dia 17 de julho.

De acordo com matéria publicada pelo blog, o deputado da bancada carioca na Câmara Federal seria ainda um dos mais próximos do presidente, com quem se identificaria política e ideologicamente mesmo antes da disputa eleitoral de 2018, e agora, teria a missão de conduzir o PSL na disputa pela sucessão municipal em Macaé em 2020.

Mais lidas da semana