Mídias Sociais

Política

Prefeitura de Rio das Ostras recebe lista de demandas em reunião com empresários da ZEN

Publicado

em

 

Encontro no gabinete do Prefeito Marcelino Borba (PV) contou a presença de empresários da Associação de Empresas da Zona Especial de Negócios (AZEN) e com representantes do governo municipal

O Prefeito de Rio das Ostras, Marcelino Borba (PV), se reuniu nesta semana, com o presidente da Associação de Empresas da Zona Especial de Negócios (AZEN), Roberto Chedid, e outros 5 empresários da ZEN.

Segundo o governo municipal divulgou nesta sexta-feira, 14, o encontro, que aconteceu no gabinete do prefeito, serviu ainda para que o prefeito recebesse uma lista de demandas a ser discutidas com o governo.

“O primeiro assunto da pauta foi a questão da desapropriação do terreno da ZEN, e mais uma vez o procurador municipal tranquilizou os empresários e se comprometeu a apresentar, nos próximos dias, um documento explicativo para ser distribuído a todas as empresas. Outro assunto discutido foi a outorga onerosa das empresas já instaladas.

Quanto aos serviços públicos, a AZEN solicitou melhorias no transporte público que atende o local, manutenção das áreas comuns e a recuperação e operação da Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) da área industrial”, revelou a prefeitura.

Eleito nas eleições suplementares, em junho deste ano, Marcelino contou aos empresários as demandas já estão sendo resolvidas pela prefeitura, que informou ainda que vem trabalhando desde agosto para solucionar estas questões.

Ainda de acordo com o governo municipal, outra demanda trazida pelo presidente da AZEN, foi o pedido de uma sala para instalação da Associação nas dependências da administração da ZEN, que hoje funciona em containers.

Sobre o assunto, Marcelino fez a contraproposta de ceder a área para que as empresas, em comum acordo, construam um imóvel, com toda infraestrutura para abrigar a Associação e também a administração da ZEN.

A prefeitura explicou ainda que as reuniões de trabalho terão continuidade no próximo dia 26, quando será discutida somente a questão da outorga onerosa, analisando os prós e os contras para a cidade, assim como as exigências legais.

Também participaram da reunião o procurador-geral do município, Dr. Felipe Ferreira, e o Subsecretário de Desenvolvimento Econômico, Gilberto Menezes.


 

Mais lidas do mês