Mídias Sociais

Política

Prefeitura de Macaé segue com ações de combate à proliferação do Aedes aegypti preocupada com o verão

Avatar

Publicado

em

 

Sem esquecer as medidas de segurança para combater o contágio do coronavírus durante a pandemia, a Prefeitura de Macaé segue intensificando as ações de combate ao mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue, da zika e da chikungunya.

A preocupação da prefeitura se deve à chegada do verão, quando a cidade vê aumentar o volume de chuva, provocando pontos de alagamentos e acúmulo de água que permite a proliferação do mosquito.

Os trabalhos são feitos por meio do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ), da Secretaria de Saúde, que realiza visitas domiciliares, em comércios e pontos estratégicos nos bairros e localidades do município.

“Todas as semanas, o CCZ elabora um cronograma de atividades. A finalidade é reforçar o trabalho de controle do mosquito, além de divulgar para a população informações sobre a importância da participação nas ações de combate aos criadouros”, explicou a prefeitura.

De acordo com o novo cronograma divulgado pelo município para essa semana, os agentes de endemias irão atuar em pontos estratégicos, com visitas domiciliares, das 8h às 16h, até a próxima sexta-feira, 25, nos bairros Imbetiba, Fronteira, Imboassica, Bairro da Glória e Botafogo.

“Haverá eliminação de criadouros inservíveis, como latas, garrafas, potes, casca de ovo e copos descartáveis, uso de larvicida em depósitos que não possam ser eliminados, e aplicação de inseticidas para eliminação do mosquito na fase adulta”, detalhou a prefeitura.

Os trabalhos continuam nesta terça-feira, 22, com a pulverização de corro fumacê, sempre a partir das 5h30, no bairro Verdes Mares, e seguem nesta quarta-feira, 23, no Engenho da Praia, e nesta quinta, 25, e sexta-feira, no Centro.

As equipes de agentes de endemias também atuam no combate e controle de roedores nesta terça, no bairro Sol Y Mar, e segue nesta quarta, na Fronteira, e nestas quinta e sexta, no Lagomar.

“O reconhecimento geográfico é promovido em diversos bairros, com produção e atualização dos mapas dos bairros, numeração dos quarteirões, identificação de ruas e logradouros, quantitativo dos imóveis do município por tipo. O reconhecimento é atividade prévia e condição essencial para a programação das operações de campo, de pesquisa entomológica e tratamento químico”, completou a prefeitura.

A prefeitura divulgou ainda informações sobre os trabalhos realizados nos principais canais da cidade, fazendo o levantamento do índice larvário do pernilongo (culex) através da técnica de conchadas, que são coleta de água do canal para verificar a quantidade de larvas.

“A partir das amostras, os agentes fazem a aplicação de larvicida biológico. O controle químico é feito com máquina pulverizadora costal ao longo das margens dos canais”, revelou o município.

As ações do combate à proliferação do culex acontecem nesta terça-feira, no Canal do Horto, e prosseguem nesta quarta no Canal da Aroeira, nesta quinta-feira, no Canal do Capote, e na sexta, no Canal do Novo Botafogo.

Mais lidas da semana