Mídias Sociais

Política

Prefeitura de Macaé recebe visita de representantes do consulado geral da Argentina no Rio de Janeiro

Publicado

em

 

A Prefeitura de Macaé recebeu, nesta segunda-feira, 13, a visita de representantes do cônsul geral da Argentina no Rio de Janeiro, Cláudio Ricardo Gutierrez, que esteve acompanhando da secretária do consulado, Laura Frati.

Entre as pautas discutidas no encontro estiveram a referência de Macaé para a logística que atende as operações de produção de petróleo, gás e energia, com o potencial da cidade para se tornar a “Capital da Energia” apresentado pelo prefeito Welberth Rezende (CIDADANIA).

No encontro, Welberth Rezende garantiu que o governo municipal está à disposição do consulado argentino para apresentar indicadores e estratégias de gestão focadas em potencializar a capacidade de Macaé em estimular negócios, atrair investimentos internacionais, e gerar empregos.

“Ficamos felizes e honrados com essa visita, que conta também com a participação de grandes parceiros do nosso desenvolvimento e que foram fundamentais para grandes conquistas de Macaé. Vivemos hoje um novo ciclo de crescimento, onde o gás produzido em nossas reservas se torna a matriz de grandes investimentos, como a nova Unidade de Processamento de Gás [Natural, UPGN], novo porto [Terminal Portuário de Macaé, TEPOR], e termelétricas que nos tornam a ‘Cidade Energia’”, destacou o prefeito de Macaé.

A importância de Macaé para o cenário econômico do Estado do Rio, assim como as referências da cidade para a logística das operações de petróleo e gás também foi destacada pelo cônsul geral da Argentina, que recebeu uma camisa do Macaé Esporte, que lembra a tradicional camisa alvi celeste da seleção da Argentina.

“É uma oportunidade de nos apresentar e conhecer a cidade, que é muito importante para o desenvolvimento e a economia do Brasil”, afirmou Cláudio Ricardo Gutierrez.

Secretário de Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Renda, Rodrigo Vianna apresentou o novo perfil de investimentos da cidade, em segmentos como logística e transporte, infraestrutura, segmento offshore e polo varejista.

O gestor aproveitou o encontro com os representantes do governo argentino para fazer um convite ao cônsul geral do país no Rio para participar da próxima edição da Feira Brasil Offshore, prevista para acontecer em 2023.

“Alcançamos esta nova fase graças ao entendimento do governo em desburocratizar processos e atender às demandas da indústria, tornando Macaé um ambiente seguro e favorável para consolidar investimentos, promovendo assim a geração de empregos”, comentou Rodrigo Vianna.

O encontro contou também com a presença do presidente da Câmara de Macaé, vereador Cesinha (PROS); do presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Macaé, Luiz Henrique Fragoso; da diretora de comércio da Associação Comercial e Industrial de Macaé (ACIM), Valéria Ribeiro; além do secretário de Esporte, Marvel (REDE), e dos secretários adjuntos de Relações Institucionais, Edilson Simões, de Ensino Superior, Flaviá Picon, e de Políticas Energéticas, Thiago Rocha.

Depois da reunião no gabinete do prefeito, o cônsul geral da Argentina conheceu as instalações da Cidade Universitária, complexo educacional que reúne instituições de ensino superior na Granja dos Cavaleiros, e que conta, atualmente, com aproximadamente 6.500 alunos.

Na visita, Cláudio Ricardo Gutierrez foi recepcionado pela secretária de Educação, Leandra Lopes, além da secretária adjunta Flaviá Picon, entre outras autoridades da atual gestão do município.

“Temos trabalhos reconhecidos e de grande importância nas áreas de pesquisa e inovação. Muitos são utilizados por grandes empresas, até mesmo fora do município. A cidade vem crescendo muito nestas áreas”, lembrou Flávia Picon.

Durante a visita, Cláudio Ricardo Gutierrez foi presenteado com o livro “Macaé, do caos ao conhecimento – Olhares acadêmicos sobre o cenário de crise econômica”, produzido pelo Núcleo de Estudo e Pesquisa – Observatório da Cidade, e lançado em 2019, que reúne 34 artigos científico-acadêmicos, elaborados por 68 pesquisadores.

Na Cidade Universitária, estiveram presentes o secretário adjunto de Relações Institucionais, Edilson Simões; a diretora da Faculdade Professor Miguel Ângelo da Silva Santos (FeMASS), Gisele Muniz; e a representante da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Renda, Mariana Previtali.

Por fim, encerrando seus compromissos oficiais em Macaé nesta segunda, os representantes do consulado argentino visitaram o canteiro de obras da Usina Termelétrica (UTE) Marlim Azul, importante empreendimento da iniciativa privada com expectativa de consolidar Macaé como a “Cidade Energia”.

A comitiva foi recebida pelos executivos, João de Lucca e Rogério Souza, e pode acompanhar os 1.400 trabalhadores que atuam na construção da UTE, que tem início das operações previsto para janeiro de 2023.

Mais lidas da semana