Mídias Sociais


Política

Prefeitura de Macaé participa de doações de fraldas e alimentos arrecados em eventos no fim de maio

Publicado

em

 

Coordenado pela primeira-dama do município, Quelen Rezende, o Programa Municipal de Saúde e Bem-Estar Social (Pró-Bem), da Prefeitura de Macaé, participou das doações dos 400 pacotes de fraldas arrecadados pelo projeto cultural Beco das Artes durante a 1ª edição do Jazz & Blues Sessions 2022, que aconteceu na Praia do Pecado, nos dias 26, 27 e 28 de março, teve realizações do Beco das Artes com o apoio institucional da prefeitura.

As doadas desta semana beneficiaram a Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (APAE) e a Associação Pestalozzi Macaé, instituições subvencionadas pela prefeitura e que assistem juntas 225 pessoas com necessidades especiais e suas famílias.

A APAE também esteve, juntamente com a Sociedade de Ensino e Terapia Macaense (Sentrinho), o Ceprev, a Fazenda Esperança, e a Igreja Metodista, entre as instituições que receberam as doações de alimentos não perecíveis arrecadados com as inscrições da 1ª corrida do Maio Amarelo, que teve o tema, “Juntos Salvamos Vidas”, e fez parte da campanha de combate à mortalidade no trânsito.

Segundo a prefeitura, cerca de duas toneladas de alimentos foram arrecadadas com as inscrições da corrida, e encaminhadas às instituições ao longo da última semana, lembrando que a corrida foi organizada pela Coordenadoria de Educação para o Trânsito, da Secretaria de Mobilidade Urbana.

Coordenador de Educação para o Trânsito, Leandro Aracati agradeceu à participação da população na corrida do Maio Amarelo, evento inédito na cidade, que teve mais de mil pessoas inscritas, e a participação efetiva de 900 pessoas.

“Agradecemos a todos que contribuíram para que pudéssemos juntar todos esses alimentos para contribuir com as instituições do município. No dia da corrida, vimos um mar amarelo nas praias Campista e dos Cavaleiros, e pessoas que passaram a saber o que é o Maio Amarelo. O principal objetivo é a conscientização das pessoas para reduzirmos os índices de acidentes”, disse Leandro Aracati.

Para a primeira-dama, Quelen Rezende, os doadores são uma frente muito importante do Pró-Bem, que também promove campanhas de doações de agasalhos, e de outros materiais para proteger do frio pessoas em situação de vulnerabilidade social.

“É muito compensador, não só ver as instituições recebendo, mas também o empenho das pessoas doando. Estamos com duas campanhas simultâneas, a do Agasalho e também da distribuição de fraldas. Todos estão mesmo participando e sabem que as doações chegam a instituições sérias do nosso município, que realizam trabalhos com crianças, idosos e as suas famílias”, contou Quelen Rezende.

Para a coordenadora do Beco das Artes, e organizadora do Jazz & Blues Sessions 2022, Agnes Williams, a iniciativa teve um papel importante do prefeito de Macaé, Welberth Rezende (CIDADANIA), e das políticas da sua gestão.

“Esta iniciativa é uma ação da política de responsabilidade social do Beco das Artes. Desde que começamos este projeto, o prefeito Welberth Rezende foi parceiro. Como são manifestações artísticas a céu aberto, a prefeitura nos dá o apoio institucional. A primeira-dama já participou conosco do projeto ‘Bolsa Rosa’, para distribuição de artigos de higiene pessoal a mulheres em situação de rua”, ressaltou Agnes Willians, que é presidente do bloco de carnaval de rua “Atura, bebê, ou surta”.

Além da APAE e da Pestalozzi, de acordo com Agnes Williams, as fraldas arrecadadas durante o Jazz & Blues Sessions 2022, que arrecadou também 46 cestas de alimentos, foram destinadas a outras 11 instituições.

“Já temos uma parceria com a APAE para a realização de eventos. Agradecemos à população que abraça os nossos projetos, aos secretários municipais e aos empresários que só somam conosco”, reforçou Agnes Williams.

Mais lidas da semana