Mídias Sociais

Política

Prefeitura de Macaé lança sistema informatizado para dar mais transparência ao processo de vacinação contra o coronavírus

Avatar

Publicado

em

 

Começa a funcionar nesta sexta-feira, 5, o sistema informatizado que contará com as informações sobre os profissionais de Saúde e demais cidadãos que estão sendo vacinados contra o coronavírus em Macaé.

Desenvolvido pela prefeitura, o sistema tem como objetivo coletar dados de quem for vacinado, como nome, local e data de vacinação, que serão incluídos no Portal da Transparência, dando maior visibilidade e segurança ao processo que segue as orientações estabelecidas no Plano Nacional de Imunização (PNI), do Ministério da Saúde.

“A consulta remota da listagem dos servidores e cidadãos vacinados irá assegurar acesso fácil às informações sobre a vacina para atender aos que estão nos grupos prioritários. O levantamento e controle da vacinação inclui o cruzamento de dados atualizados de forma remota a partir das listas encaminhadas pelas unidades públicas e privadas de saúde”, explicou o município, reforçando que o calendário segue o PNI.

O anúncio do início de funcionamento do sistema foi feito após encontro que contou com a participação do secretário da Casa Civil, Dr. Eduardo Cardoso (PODE), da coordenadora de Vigilância Epidemiológica da Secretaria de Saúde, Lisa Chagas, além de representantes da Procuradoria Geral, Laís Lobo; e da Secretaria Adjunta de Relações Institucionais, Marcos Túlio Benjamin.

Durante o encontro também foi discutido o pré-cadastro da vacinação, que está sendo definido para ser disponibilizado no site da prefeitura, e que terá o objetivo de oferecer uma oportunidade para que a população possa apresentar o interesse de vacinar, seguindo o Plano Nacional de Operacionalização da Vacinação do município.

Segundo Dr. Eduardo Cardoso, que já foi secretário de Saúde do município, o interesse da população pela vacina também poderá ser apresentado por quem não tiver acesso à internet, que poderá se cadastrar diretamente nas unidades de saúde.

“Esta não será garantia de ser vacinado. Apenas representará o quantitativo das pessoas que desejam tomar vacina, o que vai facilitar o planejamento, agendamento, e novas ações quanto à imunização”, explicou Dr. Eduardo Cardoso.

A previsão da Secretaria de Saúde é que, até a próxima segunda feira, 8, todos os profissionais que atuam nas Unidades Básicas de Saúde (UBSs), nos programas municipais, no Centro de Especialidades Dona Alba e na Saúde Mental, além dos profissionais dos demais setores dos hospitais da rede privada.

Mais lidas da semana