Mídias Sociais

Política

Prefeitura de Macaé comemora sucesso de atletas contemplados pelo programa municipal do Bolsa Atleta

Publicado

em

 

A Prefeitura de Macaé, através do secretário de Esportes e ex-vereador, Marvel (REDE), comemorou, nesta semana, as vitórias de atletas da cidade contemplados pelo programa Bolsa Atleta em pódios de campeonatos brasileiros de diversas modalidades.

“Macaé está sendo muito bem representada no esporte, em todas as categorias. É um orgulho imenso de ver os resultados e saber que o Bolsa Atleta está contribuindo para o sucesso dos nossos campeões”, parabenizou Marvel.

No Campeonato Brasileiro de Jiu-Jitsu 2022 para crianças de 4 a 15 anos, organizado pela Confederação Brasileira de Jiu-Jitsu (CBJJ), e que teve mais de 10 mil atletas inscritos, os jovens atletas, Felipe Gabriel, Mariana Zamorano e Mariana Vantil (na foto), ficaram com o lugar mais alto do pódio.

O torneio, considerado maior competição da modalidade no país, e que aconteceu em Barueri, em São Paulo (SP), nos últimos dias 14 e 15 de maio, também teve destaque para Eduardo Cancela, que ficou com a medalha de prata, e para Júlia Oliveira e Ruan Pablo Oliveira, que voltaram com a medalha de bronze.

Ao site da Prefeitura de Macaé, a jovem Mariana Vantil contou que seu treinamento para a competição começou em janeiro desse ano, explicando que, por ser um evento maior, seria mais difícil disputar o 1º lugar, que ela acabou conquistando.

“Montamos o planejamento dos treinos, nutrição, suplementação, parte física e das competições que antecedem para avaliar minha performance. Foram 5 competições no Rio de Janeiro (RJ) e venci todas as lutas”, destacou a nova campeã brasileira, de apenas 14 anos.

Elogiando o programa municipal do Bolsa Atleta, Mariana Vantil contou ainda que o incentivo recebido através dele foi fundamental para conseguir fazer tudo dentro do planejado e voltar de Barueri com a medalha de ouro.

“Isso tudo demanda um valor que seria muito difícil sem apoio da prefeitura. Os gastos são grandes com inscrição, viagem, alimentação e hospedagem. Agradeço o apoio que recebi do Bolsa Atleta para treinar e competir. As medalhas são consequências da nossa dedicação e uma maneira de retribuir. Macaé saiu na frente com esse projeto”, agradeceu a aluna do Mestre Luan Carvalho.

O Jiu-Jitsu também rendeu ao município mais uma medalha de ouro, na categoria master 5 super pesado – faixa preta adulto, com Rogério Pontes da Cruz, também contemplado no Bolsa Atleta, e que se sagrou campeão brasileiro da modalidade em disputa no último dia 8 de maio.

Entre outros beneficiados pelo programa municipal nas lutas, estiveram Anderson Nascimento e Gabriel de Oliveira, que conquistaram a medalha de ouro no Circuito Estadual de Boxe, disputado no Rio de Janeiro.

“Sou muito grato à Prefeitura de Macaé por essa honra e por acreditar no nosso potencial através do Bolsa Atleta. Para mim, que sou nascido e criado em Macaé, é muito importante representar minha cidade nas competições”, agradeceu Anderson Nascimento, que competiu na categoria até 91kg, e conseguiu o lugar mais do alto do pódio com uma vitória no 1º round.

Ainda no Estado de São Paulo, mas na cidade de Paulínia, o atleta do bicicross, Juliano Silva, ficou com a prata na categoria cruiser, enquanto Sillas Andrade ficou com o bronze na categoria júnior men, na final da 3ª etapa do Campeonato Paulista de BMX.

“[A pista de Paulínia] Exige bastante preparo físico. As rampas são maiores, por isso meu treino para esta etapa foi bem intenso e focado na parte técnica de pista e nas largadas (sprints) em subidas”, comentou Juliano Silva.

Nas águas de Costa Azul, em Rio das Ostras, os atletas Bruno Moreira e Thiago Barros marcaram presença no Campeonato Rio das Ostras de Bodyboarding Pro, conquistando, respectivamente, o 3º e o 5º lugares na competição.

“Foi um longo período de treino, foco e dedicação para conseguir essa colocação. O Bolsa Atleta me auxilia muito, assim como também aos outros atletas, para estarmos em cima dos pódios pelo Brasil. Fiquei muito feliz pelo meu desempenho neste campeonato, até por ter surfado duas categorias e conseguir o 3º lugar na Sub-16”, comentou Bruno Moreira.

Do litoral fluminense para o litoral paulista, o bom desempenho de atletas macaenses contemplados pelo Bolsa Atleta continuou em Ilha Bela, com a 5ª posição de Joseilton Santos, ficou em 5º lugar geral na prova de corrida da etapa do mundial do XTerra Brasil, disputado no último dia 15.

E ainda em provas de atletismo, Dione Rubim esteve presente na meia maratona da Rio City 2022, também no dia 15, competindo na categoria máster, de 30 a 39 anos, e completando a prova de 21,01km em 1h34, em um percurso que passou pelas praias do Recreio, da Reserva e da Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro.

No tênis, o atleta Carlos Augusto Amorim foi vice-campeão na categoria 18 anos do torneio realizado pela Federação Paranaense de Tênis, que contou com a participação de mais de 115 tenistas de todo o país.

Com bolsas de 500 a 1.500 reais, o programa do Bolsa Atleta, criado em 2006, tem o objetivo de dar apoio ao desenvolvimento de atletas macaenses a partir dos 12 anos, auxiliando com os custos de alimentação, inscrições e passagens para as competições, estimulando o crescimento de atletas profissionais de diversas modalidades em Macaé.

Mais lidas da semana