Mídias Sociais

Política

Projeto de mais de 600 mil reais custeado pela Enel instalou 646 luminárias LED em 3 bairros de Macaé

Publicado

em

 

A Prefeitura de Macaé instalou 646 novas luminárias LED nas avenidas Agenor Caldas, na Imbetiba, e Rui Barbosa, no Centro, e nas ruas Hildebrando Alves Barbosa e Tancredo Neves, no Parque Aeroporto, como parte do Projeto de Eficiência Energética.

Executado pela empresa VA Engenharia Soluções Sustentáveis e custeado pela Enel, o projeto, que teve resultados apresentados na última quinta-feira, 19, é responsável pela geração, pela distribuição e pela comercialização da energia elétrica usada em Macaé.

A demonstração aconteceu no Paço Municipal, sede da prefeitura, e foi realizada pela própria VA Engenharia, contando com a presença de servidores municipais, entre eles o coordenador de Iluminação Pública, Marcelo Oliveira, que ressaltou a importância da troca de lâmpadas de vapor de sódio pelas lâmpadas LEDs para a economia do município.

“A prefeitura paga a tarifa para a própria distribuidora Enel, de consumo de energia, como qualquer cliente, e essa troca de tecnologia economiza energia. A LED não agride o meio ambiente, é sustentável e foi importante para o município, não só visualmente. As avenidas e ruas definidas são corredores e vias principais de nossa cidade”, pontuou Marcelo Oliveira.

Diretor técnico da VA Engenharia, Marcelo Maia explicou que o projeto executado em Macaé visou promover o uso eficiente da energia elétrica, com ações que combatem o desperdício e promovem a melhoria da eficiência energética de equipamentos, processos e usos finais de energia.

A prefeitura explica que a substituição de lâmpadas foi promovida porque a Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL) determina que as empresas concessionárias de distribuição de energia elétrica apliquem parte da Receita Operacional Líquida (ROL) em ações que tenham por objetivo o combate ao desperdício de energia elétrica, através de chamadas públicas de projetos.

“O valor investido pela Enel foi R$ 676.743,92. A Lei 9991/2000 obriga as distribuidoras de energia a anualmente investirem 0,5% de seu ROL nos Programas de Eficiência Energética (PEEs)”, detalhou o município.

Gestor da Coordenadoria de Iluminação Pública (CIP), da Secretaria Adjunta de Serviços Públicos, e que, por sua vez, é vinculada à Secretaria de Infraestrutura, Marcelo Oliveira contou sobre o processo da chamada pública para o projeto.

“Participamos da chamada pública na qual a empresa VA engenharia ganhou o projeto e executou a obra em Macaé”, lembra o coordenador, acrescentando ainda que a energia economizada em Macaé será de 504,90 megawatts hora por ano (MWh/ano), com redução da demanda na ponta de 102,72 quilowatts (kW).

Ao todo, foram instaladas 76 lâmpadas LED de 100 watts (W) na Rua Tancredo Neves e 44 na Avenida Agenor Caldas, em substituição às lâmpadas de vapor de sódio de 250W, além de 278 lâmpadas LED de 150W na Rua Hildebrando Alves Barbosa e 61 na Avenida Rui Barbosa, em substituição às lâmpadas de vapor de sódio de 400W.

Mais lidas da semana