Mídias Sociais

Política

Prefeitura de Macaé atualiza previsão de entrega da reforma do Ginásio Poliesportivo para início de 2023

Publicado

em

 

Iniciadas em 2018, as obras de reforma do Ginásio Poliesportivo Engenheiro Maurício Soares Bittencourt, localizado no bairro Sol Y Mar, segue em ritmo acelerado, segundo a Prefeitura de Macaé, que atualizou a previsão de término para o início de 2023.

“O Ginásio Poliesportivo é um equipamento de extrema importância para o esporte, lazer e cultura do município”, acredita o governo municipal.

Alvo de muitas críticas à antiga gestão devido à deterioração da estrutura, que levou, inclusive, ao desabamento de parte de uma estrutura de mais de 20 metros de altura da torre da caixa d’água, em 2017, além de uma enxurrada de reclamações.

Com a retomada das obras em 2021, a prefeitura acreditava que o novo projeto permitirá que o espaço, que já foi sede da Secretaria de Esportes e até da Defesa Civil do município, atenda atletas de modalidades esportivas como vôlei, basquete, futsal, handebol, tênis de mesa e artes marciais.

Em sua conta no Facebook, em dezembro do ano passado, o prefeito de Macaé, Welberth Rezende (CIDADANIA), comemorou a retomada das obras do ginásio, falando nos esforços da sua gestão de recuperar espaços da cidade.

“Já estão em curso as obras de revitalização do Ginásio Poliesportivo. Com investimento superior a 4 milhões de reais e um prazo de conclusão de 12 meses, as obras devolverão a Macaé este importante aparelho público, que há muitos anos encontra-se abandonado. Nosso governo trabalha em várias frentes para recuperar os espaços e a autoestima da população macaense. Vamos em frente”, escreveu Welberth Rezende.

Segundo o engenheiro responsável pelas obras, João Ferraz, falou ao site da prefeitura, sobre o atual estágio da reforça, o novo telhado já chegou, mas o trabalho para a troca das peças precisa ser feito de maneira muito cuidadosa.

“As terças, que servem para apoiar os telhados, estão sendo desmontadas por 15 alpinistas industriais, que realizam o trabalho com muita cautela, pois é um processo delicado. Após a retirada, as peças são avaliadas e, na sequência, tratadas ou substituídas. É um trabalho muito demorado, porém, de extrema importância. Somente após essa fase concluída, será possível instalar os telhados, que já chegaram e, assim, dar continuidade ao projeto, pois toda área interna do ginásio estará protegida”, contou João Ferraz.

De acordo com a prefeitura, o projeto inclui a recuperação da estrutura metálica horizontal e vertical, estrutura espacial, cobertura e rampas, esquadrias, fechamento externo, elevação do piso da quadra, desnível do pavimento externo e nova subestação, além de instalação elétrica, arquitetônica e hidrossanitária.

Já se precavendo dos principais problemas envolvendo o ginásio na gestão anterior, o atual secretário de Infraestrutura, Santiago Borges, falou sobre a importância de o governo providenciar ações de manutenção permanente do espaço.

“Após a conclusão das obras, o ginásio receberá manutenção periódica. O custo com manutenção é muito menor do que uma reforma completa, como essa que estamos fazendo agora”, observou o secretário.

A expectativa é de que, com a conclusão das obras, o Ginásio Poliesportivo estará apto a realizar eventos e também poderá alocar novamente o setor administrativo da Secretaria de Esportes, que também vai retomar os projetos sociais.

Mais lidas da semana