Mídias Sociais

Política

Prefeitura de Macaé anuncia inauguração de duas novas unidades de saúde, no Lagomar e na Virgem Santa

Publicado

em

 

Nova unidade de saúde está sendo construída (foto) no bairro do Lagomar, bairro que deve receber mais 3 equipes da Estratégia Saúde da Família (ESF)

Com trabalho voltado para a promoção da saúde e a prevenção de doenças, o atendimento da Estratégia Saúde da Família (ESF), da Secretaria de Saúde de Macaé, vem sendo ampliado no município com novas equipes e unidades.

Segundo a prefeitura informou nesta sexta-feira, 20, a previsão é de que no próximo semestre, duas novas unidades sejam inauguradas, desta vez nos bairros Lagomar e Virgem Santa, bairros que já contam com equipes de saúde da família.

A prefeitura explica ainda que na Virgem Santa, o imóvel já existe, mas é alugado, passando para uma edificação própria, com mais uma equipe, o que representa uma economia para os cofres públicos do município.

No Lagomar, equipes da prefeitura seguem trabalhando na construção da nova unidade, localizada numa das principais avenidas do bairro, o que vai ajudar os moradores do bairro a receberem mais 3 equipes de ESF.

“Cada grupo do ESF é composto por médico, enfermeiro, técnico de enfermagem e agente comunitário de saúde e responsável pelo atendimento de uma média de 4 mil pessoas. Com a expansão, aproximadamente 8 mil pessoas serão beneficiadas”, acrescenta a prefeitura.

O governo municipal ressalta que a unidade de ESF da Virgem Santa possui serviços de vacina, curativo, coleta de preventivo, atendimento odontológico e de fisioterapia e saúde mental, e que o novo prédio possui 300 metros quadrados (m²) e contará com consultórios, sala de vacina, almoxarifado, sala de coleta e de palestras e consultório odontológico.

“Atualmente, o município conta com 46 equipes de ESF, que atendem 160 mil macaenses, o que corresponde a cerca de 70% da população. Em 2017, foram realizadas 124.733 consultas médicas, sendo cerca de 8.100 visitas domiciliares. Já os atendimentos de enfermagem totalizaram 43.412, sendo cerca de 5.100 mil visitas domiciliares. Cerca de 180 mil atendimentos de técnicos de enfermagem foram computados, destes, 7.130 visitas domiciliares. Os Agentes Comunitários de Saúde (ACS) fizeram cerca de 463 mil visitas domiciliares. Foram realizadas cerca de 19 mil consultas de pré-natal e aproximadamente 23 mil consultas a pacientes diabéticos, 56 mil a pacientes hipertensos, 11.800 de puericultura e 690 grupos de Educação em Saúde”, detalha a prefeitura.

 


 

Mais lidas do mês