Mídias Sociais

Política

Prefeitura de Casimiro de Abreu fala vandalismo ao comentar incêndio no pátio da Secretaria de Saúde neste domingo, 12

Avatar

Publicado

em

 

A Prefeitura de Casimiro de Abreu conseguiu conter um incêndio que atingiu a Secretaria de Saúde na manhã deste domingo, 12, destruindo veículos que faziam o transporte de pacientes na cidade.

De acordo com o município, o fogo teria começado por volta das 6h40, e uma residente da Casa das Freiras teria acionado o Corpo de Bombeiros imediatamente, assim como a policia, que investiga as causas do incêndio, que provocou a destruição de uma ambulância e 2 carros da pasta, mas sem deixar feridos.

Segundo a prefeitura, mais de 400 pacientes que utilizam o transporte serão prejudicados, já que o serviço é essencial para pacientes que precisam realizar consultas, exames e cirurgias em outros municípios, principalmente pacientes oncológicos e pacientes que precisam fazer hemodiálise.

Ainda no domingo, o prefeito Paulo Dames (PSB) e seu sobrinho, Ibson Carvalho Dames Júnior, que é Secretário de Saúde do município, estiveram no local para verificar o ocorrido e tomar todas as providências.

“Nós tivemos uma perda significativa no transporte do município. Por conta deste vandalismo, centenas de pacientes que dependem desse serviço, diariamente, ficarão prejudicados”, comentou o secretário, dando a entender que o incêndio poderia ter sido criminoso.

A prefeitura informou que o caso foi registrado na 121ª Delegacia de Polícia Civil (121ª DP) e que o local ainda segue sendo periciado, além de explicar que os atendimentos realizados pelo transporte de pacientes funcionará normalmente, mesmo sem os veículos destruídos pelo fogo.

“A Prefeitura de Casimiro de Abreu, por meio da Secretaria de Saúde comunica que nenhum atendimento de transporte de paciente será prejudicado. Os atendimentos realizados pelo transporte de pacientes funcionarão normalmente a partir desta segunda-feira, 13. Mesmo com o número de veículos reduzido, após o ocorrido no pátio da Secretaria de Saúde, neste domingo, 12, as equipes responsáveis estão fazendo o possível para manter o atendimento às centenas de pessoas que utilizam o transporte para tratamentos e assuntos relacionados à saúde”, concluiu a nota a prefeitura publicada neste domingo.

Sobre a situação da pandemia na cidade, que registrava 471 casos confirmados do coronavírus e 15 mortes até o último sábado, 11, a prefeitura revelou que está avaliando a possibilidade de recuou da flexibilização das atividades, devido ao aumento de casos, mais de 60 em uma semana, e do aumento também de pacientes internados com a doença.

“Não podemos arriscar a saúde de nossos munícipes, muito menos sobrecarregar os leitos e as equipes que estão dando todo o suporte para os pacientes confirmados com a doença. Se for preciso, recuaremos e começaremos. O objetivo principal é prevenir e controlar a propagação da covid-19 em nosso município”, afirmou o subsecretário de Saúde de Casimiro de Abreu, Pabullo Marinho.

Mais lidas da semana