Mídias Sociais

Política

Prefeitura de Carapebus inicia trabalho de cadastramento de residências em bairros que não possuem rede de esgoto

Publicado

em

 

Conforme anunciou nesta segunda-feira, 7, a Prefeitura de Carapebus iniciou o cadastramento das residências do município que não possuem rede de esgoto, trabalho que começou no bairro Alto do Caxanga.

“O projeto faz parte da ampliação do sistema de esgotamento sanitário, onde essas residências serão contempladas com a ligação, através de uma elevatória de esgoto, que bombeará o resíduo até a Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) no centro da cidade onde será tratado adequadamente”, explicou o município.

De acordo com a prefeitura, o cadastramento segue nos próximos dias nos bairros de Caxanga, próximo ao Córrego da Maricota, do Centro, do Loteamento de Cláudio Prata no Morro Oscar Brito, de Vila Paulina e do APCC2, que ainda não possuem rede de esgoto.

Engenheiro da Secretaria de Obras que faz parte da equipe de projetos a Secretaria de Planejamento, Maxuel Bernardes Donato ressalta a importância dos moradores em receber a equipe para realizar os cadastros.

“É uma parceria entre as secretarias de Planejamento, de Obras, e de Meio Ambiente, e todos estão devidamente identificados. Contamos com o apoio dos moradores para concluir essa 1ª fase do projeto”, ressaltou Maxuel Bernardes Donato.

A prefeitura lembra que, nessa 1ª fase dos trabalhos, as equipes do governo municipal farão o cadastramento de todas as residências que possuem esgoto de forma irregular, prejudicando o Córrego da Maricota ou sendo jogado em caixas coletoras ou em valas negras.

Nesta segunda-feira, a secretária de Planejamento, Verônica Moraes, também já havia pedido a participação dos moradores desses bairros, reforçando a importância de receber a equipe e fornecer as informações solicitadas.

“Contamos com o apoio dos moradores nos bairros citados para receber nossa equipe que estará devidamente identificada. Nosso objetivo é fazer um retrato de cada bairro atendendo os requisitos da Funasa para que possamos receber a ampliação na ligação da rede de esgoto”, explicou Verônica Moraes.

Mais lidas da semana