Mídias Sociais

Política

Prefeitura de Cabo Frio lança Plano Municipal de Saúde nesta segunda-feira, 27

Publicado

em

 

A Prefeitura de Cabo Frio lança nesta segunda-feira, 27, o Plano Municipal de Saúde (PMS), que promete identificar os principais desafios para melhorar os serviços de saúde da cidade, além de traçar metas e indicadores que servirão como instrumento para a gestão nos próximos 4 anos.

De acordo com a prefeitura, o documento estará disponível no site oficial do governo municipal, acessível para toda a população, e com a expectativa de contribuir para a elaboração do Plano Plurianual (PPA) 2022-2025, e das previsões orçamentárias para 2022.

“Vamos conhecer o resultado dessa construção compartilhada e coletiva. O processo foi iniciado com a análise situacional do município. Em seguida, lançamos o questionário para participação dos cidadãos, e encontros virtuais com trabalhadores e usuários do SUS (Sistema Único de Saúde), e com representantes da sociedade civil organizada. A discussão do plano representa o principal objetivo do governo, atuar para que Cabo Frio tenha mais qualidade nos serviços prestados para a população”, explicou o secretário de Saúde de Cabo Frio, Felipe Fernandes.

Segundo o município, o processo de construção do PMS se deu, pela 1ª vez, de forma participativa, com participação de representantes das secretarias municipais, usuários do SUS, trabalhadores privados da Saúde, Conselho Municipal de Saúde (CMS), e sociedade civil organizada.

“Esta é a 1ª vez que o PMS é construído de forma participativa. Além dos estudos e análises dos indicadores da Saúde, o plano contou com a colaboração da população por meio de consultas públicas para elaboração das propostas e metas. Ao todo foram 25 encontros seguindo todos os protocolos sanitários, com participação dos usuários do SUS (Sistema Único de Saúde), trabalhadores da Saúde, gestores, representantes do Conselho Municipal de Saúde (CMS) e da sociedade civil organizada”, detalhou a prefeitura.

Para a elaboração do PMS, a Secretaria de Saúde promoveu 4 oficinas temáticas online a partir dos temas, cada uma com um tema relacionado à Saúde, com uma 5ª oficina online com a sociedade civil, associações de comunidades quilombolas, coletivo de movimento negro, de mulheres, de juventude, além de representantes de diferentes vertentes religiosas, agricultores e população da zona rural.

“O segmento dos usuários do Conselho de Saúde contribuiu a partir de uma oficina presencial, trazendo a discussão dos territórios e grupos sociais aos quais representam. Para reforçar a reformulação da saúde de Cabo Frio, em parceria com os munícipes, foi realizada ainda uma Consulta Pública”, concluiu a prefeitura.

Mais lidas da semana