Mídias Sociais

Política

Prefeitos da região participam de reunião da Ompetro com represente do Ministério de Minas e Energia

Publicado

em

 

O prefeito de Macaé, Welberth Rezende (CIDADANIA), participou, nesta terça-feira, 18, da 1ª reunião da Organização dos Municípios Produtores de Petróleo da Bacia de Campos (Ompetro) em 2022, realizada na sede da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Campos dos Goytacazes.

O encontro contou também com a presença dos prefeitos de Campos, Wladimir Garotinho (PSD); de Casimiro de Abreu, Ramon Gidalte (CIDADANIA); de Cardoso Moreira, Geane (PSD); de Cabo Frio, José Bonifácio (PDT); e de Italva, Léo Pelanca (PSC); além de representantes das prefeituras de Bom Jesus do Itabapoana, Quissamã, São Francisco de Itabapoana, Miracema e Itaperuna.

Anfitrião do encontro, o prefeito de Campos, Wladimir Garotinho, que também é presidente da Ompetro, recebeu também diretor do Departamento de Política de Exploração e Produção de Petróleo e Gás Natural, do Ministério de Minas e Energia, Carlos Agenor Onofre Cabral, que esboçou boas perspectivas para o setor de petróleo na região.

“Os números registrados no ano passado foram bons, mas a expectativa é de que eles alavanquem ainda mais a arrecadação dos municípios e do Estado com o processo licitatório para novos campos de exploração de petróleo, principalmente, na camada pré-sal. Para isso, buscamos esse apoio da Ompetro, no sentido de reforçar projetos que já tramitam em Brasília e que visam beneficiar a todos, aumentando nossa produção. A Bacia de Campos hoje tem um peso enorme quando falamos em camada pré-sal, com possibilidade de responder por até 70% de nossa produção com a operação de novos campos. A receptividade e entendimento com a Ompetro nos leva a visualizar números promissores num futuro bem próximo”, disse o representante do governo federal.

Para o prefeito de Macaé, a reunião foi produtiva, com estimativas otimistas para a exploração e produção de petróleo, e consequentemente, para a arrecadação dos municípios da região do entorno da Bacia de Campos.

“Tratamos sobre investimentos e avanços na Bacia de Campos e a questão do barril do petróleo. Também falamos sobre o Programa de Revitalização e Incentivo à Produção de Campos Marítimos (Promar). Foi uma reunião produtiva, que vai render bons frutos para o município”, afirmou Welberth Rezende.

Para o prefeito de Campos e presidente da Ompetro, que teve sua atuação como deputado federal, entre 2018 e 2020, muito marcada pelas pautas do petróleo na região, o encontro na união dos municípios reforça o desejo de fortalecimento regional, com boas expectativas futuras.

“Destaco a visita do representante do Ministério de Minas e Energia como um reconhecimento da importância da Ompetro e a força que nossos municípios têm. Um interior unido é um interior fortalecido. Por isso temos que manter essa união e força em prol do desenvolvimento da nossa região”, concluiu Wladimir Garotinho.

De acordo com a Prefeitura de Macaé, a visita de Welberth Rezende a Campos também rendeu uma participação do prefeito na 1ª assembleia geral ordinária do Consórcio Público Intermunicipal de Desenvolvimento do Norte e Noroeste Fluminense (Cidennf) em 2022, que aconteceu antes da reunião da Ompetro.

Neste encontro, foram debatidos temas como a assinatura dos contratos de rateio dos entes consorciados, o planejamento de ações prioritárias e estratégicas para este ano, e a criação da Câmara Técnica Setorial de Infraestrutura, Transporte e Mobilidade.
“Estamos avançando em questões muito importantes para o município, como saúde, patrulha mecanizada, alguns consórcios que são importantes a serem feitos pelos municípios da região que vivem com os mesmos problemas, maquinário, a dragagem dos rios e outros assuntos relevantes”, explicou Welberth Rezende.
Secretário Executivo do Cidennf, Vinícius Viana destacou a importância de traçar estratégias para atuação conjuntas, buscando parcerias e integrações que tragam resultados positivos para os municípios da região.

“Entendemos o quanto o desenvolvimento regional é desafiador, mas, juntando todos os atores envolvidos nesse processo, podemos levar as nossas regiões a outro patamar. Estamos trabalhando em pautas importantes e tomando decisões que terão grande impacto nos próximos anos”, falou Vinícius Viana.

Mais lidas da semana