Mídias Sociais

Política

Prefeito de Macaé, Dr. Aluízio volta a usar o Twitter para elogiar resultados do PSOL nas eleições municipais de 2020

Avatar

Publicado

em

 

Há menos de 30 dias para encerrar seu 2º mandato à frente da Prefeitura de Macaé, Dr. Aluízio (sem partido) voltou a usar sua conta no Twitter, onde é muito atuante, para elogiar a participação do PSOL nas eleições municipais deste ano.

E publicação do último dia 17 de novembro, apenas 2 dias após o 1º turno, Dr. Aluízio escreveu sobre o resultado do partido nas eleições para a prefeitura da maior cidade do país, onde Guilherme Boulos (PSOL) disputou o 2º turno.

“O PSOL encantou o eixo Rio-São Paulo. Ter um time com a qualidade dos vereadores eleitos no Rio e a figura do Boulos/Erundina em São Paulo colocam o partido na cabeceira de um novo tempo”, avaliou Dr. Aluízio à época.

Apesar da derrota para Bruno Covas (PSDB) o 2º turno, no último domingo, 29, a chapa formada por Guilherme Boulos e Luiza Erundina, que somou mais de 2 milhões de votos (40,62% dos votos válidos), chamou a atenção no cenário político nacional.

Na publicação depois do 1º turno, o atual prefeito de Macaé também cita ainda os eleitos do partido na Câmara Municipal do Rio, entre os quais estão nomes como Chico Alencar (PSOL), 5º vereador mais votado no Rio, com mais de 49 mil votos.

Na cidade do Rio, o PSOL terá uma bancada forte na Câmara Municipal na próxima legislatura, já que foi 1 dos 3 partidos que mais elegeu vereadores, empatado com REPUBLICANOS e DEM, cada um com 7 parlamentares.

Entre as vitórias do jovem partido na capital fluminense, está a do vereador mais votado, Tarcísio Motta (PSOL), com mais de 86 mil votos, derrotando Carlos Bolsonaro (REPUBLICANOS), filho do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), que teve mais de 15 mil votos a menos que 1º colocado.

Na cidade de São Paulo, o PSOL também elegeu uma das maiores bancadas da Casa, com 6 vereadores, empatado na 2ª colocação com o DEM, e perdendo apenas para os gigantes PSDB e PT, que elegeram 8 vereadores cada um.

Na região, o PSOL também apresentou bons resultados nestas eleições municipais, mesmo ainda sem conseguir eleger prefeitos ou mesmo vereadores levando em conta os resultados em 13 cidades do entorno da Bacia de Campos.

Porém, alguns números chamam a atenção, principalmente em Cabo Frio, Rio das Ostras, Armação dos Búzios e Casimiro de Abreu, onde obteve resultados até mesmo surpreendentes em uma eleição que colocou a região mais alinhada a partidos de centro-direita.

Em Rio das Ostras, o PSOL (em campanha, na foto) obteve seu melhor resultado na região, com a candidatura de Ana Paula Siqueira sendo a 4ª mais votada na disputa para a prefeitura, e com o partido sendo o 12º mais votado na disputa para vereador, ficando à frente de partidos mais tradicionais na cidade como PDT, PP e DEM.

Em Búzios e Casimiro, o partido não teve candidaturas disputando as prefeituras, mas também foi bem nas eleições para vereador, quando ficou, respectivamente, em 14º e 9º colocado, superando também nessas cidades, partidos como PSD, CIDADANIA, PSL, REPUBLICANOS e PV.

Já em Cabo Frio, apesar de estar longe de ser uma dos mais votados para vereador, ficando apenas em 19º lugar, o PSOL conseguiu receber mais votos do que os gigantes PSDB e PT, que ficaram, respectivamente, em 22º e 24º na lista das legendas mais votadas somando todos os votos para a Câmara Municipal.

O crescimento do PSOL mostra que o partido está no caminho certo, e um exemplo disso é o trabalho feito pelo diretório de Rio das Ostras, que ficou a pouco mais de mil votos de conseguir eleger seu 1º parlamentar na região.

Em todo o Estado do Rio, o PSOL terminou estas eleições municipais como o 12º partido que mais recebeu votos para prefeitos nas disputas em que esteve envolvido, somando 182.098 votos, mesmo sem eleger nenhum prefeito, apenas vereadores.

Nesta terça-feira, 1 de dezembro, Dr. Aluízio voltou a escrever sobre aos resultados do partido nas eleições municipais deste ano, elogiando ainda certas posturas internas e o papel que a legenda que vem assumindo na esquerda brasileira.

“Postei sobre o PSOL e sua decolagem nesse processo eleitoral. É um partido jovem independente da idade de seus membros, leve, sem preconceitos ou proprietários. Encarna a esquerda contemporânea”, escreveu o prefeito de Macaé.

Em seguida, respondendo a comentário, fez outra publicação reforçando os elogios e lembrando quadros importantes do PSOL no cenário político do eixo Rio-São Paulo, e fez novos elogios à importância do partido para a renovação da esquerda nacional.

“Os comentários em relação ao PSOL são autênticos. Constatação. Na esquerda, é o atual, renovado, independente da sua idade, Erundina, Ivan Valente (PSOL-SP, deputado federal), Chico Alencar. Time de masters. Para finalizar, constatação e respeito”, concluiu Dr. Aluízio.

Mais lidas da semana