Mídias Sociais

Política

Prefeito de Macaé volta a tentar contato com Governo de São Paulo para aquisição de vacinas contra o coronavírus

Avatar

Publicado

em

 

Em sua conta no Twitter, o prefeito de Macaé, Dr. Aluízio (sem partido), revelou um novo contato com o governo do Estado de São Paulo para aquisição da vacina contra o coronavírus produzida em parceria entre biofarmacêutica chinesa Sinovac Biontech e o Instituto Butantan, de São Paulo.

Nesta segunda-feira, 7, o governador João Dória (PSDB), lançou um Plano Estadual de Imunização contra o coronavírus, com uma campanha prevista para começar no próximo dia 25 de janeiro, com prioridade para os profissionais de saúde, pessoas com 60 anos ou mais, e grupos indígenas e quilombolas na 1ª etapa.

No plano, o Estado de São Paulo anuncia que também prevê a disponibilização de 4 mil doses da vacina do Instituto Butantan para outros estados, o que motivou o ofício da Prefeitura de Macaé para o governo paulista.

“Novo contato com o Governo de São Paulo na busca pela vacina. A primeira solicitação foi feita em outubro ao [Instituto ] Butantan. Agora fiz ao governador João Doria, por zap (WhatsApp). Macaé se propõe a aquisição das doses da vacina anti-Covid (sigla, em inglês, para Coronavirus Disease). A expectativa é positiva”, escreveu Dr. Aluízio em sua publicação na madrugada desta terça-feira, 8.

Na publicação, o prefeito de Macaé disponibiliza também, na íntegra, o ofício enviado ao Instituto Butantan em 1 de outubro deste ano, solicitando informações sobre o procedimento necessário para aquisição de 500 mil doses da vacina.

De acordo com o Governo de São Paulo, a estimativa é de que, até o fim de março, quase 20% dos 46 milhões de habitantes do Estado estejam imunizados com duas doses da vacina batizada de CoronaVac, que ainda espera aprovação pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

“A CoronaVac é desenvolvida em parceria internacional entre o Instituto Butantan e a biofarmacêutica Sinovac Biotech. O resultado da fase 3 com o índice de eficácia do imunizante deve ser divulgado na próxima semana. Estudos clínicos já demonstraram que 94,7% dos voluntários não tiveram evento adverso. Dos que apresentaram alguma reação, 99,7% relataram sintomas de baixa gravidade, como dor no local da injeção e dor de cabeça leve. Artigo publicado na revista científica The Lancet apontou que a vacina do Butantan produziu resposta imune em 97% dos participantes dos estudos”, escreveu o Governo de São Paulo nesta segunda.

Segundo boletim informativo diário da Secretaria de Saúde de Macaé na manhã desta terça-feira, a cidade registra 11.546 casos de coronavírus confirmados, e 201 mortes, depois de mais 1 caso fatal nas últimas 24 horas.

O município segue na fase laranja, de risco alto, com a taxa de reprodução do vírus marcando 1,10. A taxa de ocupação de leitos de terapia intensiva do Sistema Único de Saúde (SUS) destinado ao tratamento do coronavírus caiu para 61%, enquanto a taxa de letalidade segue em 1,7%.

Os dados são do Centro de Triagem do Paciente com Coronavírus de Macaé, referentes as 24 horas desta segunda-feira, quando a unidade registrou o atendimento de 293 pessoas. A unidade funciona 24 horas por dia, inclusive nos finais de semana, no antigo Centro de Saúde Dr. Jorge Caldas, que fica na Rua Tenente Coronel Amado, 225, no Centro.

Mais lidas da semana