Mídias Sociais

Política

Prefeito de Macaé se reúne com governo estadual para trazer Restaurante do Povo para a cidade

Publicado

em

 

O prefeito de Macaé, Welberth Rezende (CIDADANIA), se reuniu, nesta semana, com o secretário estadual de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos do Rio, Matheus Quintal, para tratar da criação de um Restaurante do Povo no município.

No encontro que aconteceu no gabinete do prefeito, em Macaé, Welberth Rezende entregou um ofício ao gestor estadual para adesão do município ao projeto social do Governo do Estado.

“É com satisfação que recebemos as boas propostas do Governo do Estado. É constante a presença do governador, Cláudio Castro (PL), em Macaé e, com isso, temos tido muitos avanços. Várias obras terão andamento, fora as ações na área de petróleo e gás. É muito importante abrir a cidade para os governos estadual e federal, porque estamos nos beneficiando das boas práticas destas parcerias”, disse Welberth Rezende.

De acordo com o município, uma equipe do setor de segurança alimentar da pasta estadual virá a Macaé este mês para iniciar um estudo para definir o local onde será instalado o restaurante, tendo como base um levantamento social e critérios técnicos, e a previsão é de que o equipamento seja entregue até março de 2022.

No ofício, a prefeitura indicou 4 áreas próprias para a construção do projeto, uma próxima à Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Lagomar; o local do antigo Ceasa, próximo à Fronteira e à Nova Holanda; o antigo prédio do Departamento de Transportes Rodoviários do Estado (DETRO-RJ), no Centro; e uma área na Aroeira.

“Tanto a construção, quanto a administração e o custeio caberão ao Governo do Estado”, explicou o município.

Por se enquadrar no Porte 1, que abrange municípios de 100 mil e 500 mil habitantes, o Restaurante do Povo em Macaé oferecerá mil almoços diariamente, ao custo de 1 real, além de 500 cafés da manhã, a 50 centavos.

O projeto do governo estadual trará ainda para Macaé outro projeto, o do Café do Trabalhador, que será construído em outra área, e que oferecerá mais mil cafés da manhã diariamente, também a 50 centavos.

“O Restaurante do Povo é mais um dos compromissos que o governador do Estado fez durante a última visita à cidade que está saindo do papel. A segurança alimentar é uma prioridade para o governo. Fora isso, este ano, em menos de 90 dias de gestão, quitamos o financiamento anual das instituições de assistência social. E existe a possibilidade de o município vir a receber mais investimentos nas instituições sociais locais”, contou o secretário estadual, Matheus Quintal.

Na reunião, estiveram presentes ainda o subsecretário estadual de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos, Júlio Saraiva; o superintendente da pasta, André Longobardi (REPUBLICANOS); o assessor especial da pasta, Júnior Prazeres; o deputado estadual, Chico Machado (PSD); o presidente estadual do REPUBLICANOS, Luis Carlos Gomes; os vereadores, Edson Chiquini (PSD), Rond Macaé (PATRIOTA), e Reginaldo do Hospital (PODE); e o secretário de Desenvolvimento Social, Direitos Humanos e Acessibilidade de Macaé, Fabrício Afonso Rodrigues, entre outros gestores municipais.

Mais lidas da semana