Mídias Sociais

Política

Prefeito de Macaé e deputado federal eleito no município dialogam sobre pautas importantes para a cidade e a região

Publicado

em

 

A exemplo de coletiva (foto) em fevereiro deste ano, Prefeito de Macaé, Dr. Aluízio (sem partido) e o delegado de Polícia Federal, Felício Laterça (PSL), voltaram a se encontrar em coletiva, nesta terça-feira, 30, desta vez na sede da administração municipal

Em entrevista coletiva concedida na tarde desta terça-feira, 30, o Prefeito de Macaé, Dr. Aluízio (sem partido) e o delegado de Polícia Federal (PF), Felício Laterça (PSL), eleito deputado federal em outubro deste ano, reafirmaram a parceria política visando ampliar a representatividade do município junto aos governos federal e estadual.
De acordo com o prefeito, a eleição de delegado ao Congresso, aliada à boa relação com o presidente eleito, Jair Bolsonaro (PSL), e com o governador eleito no Rio, Wilson Witzel (PSC), fará com que Macaé viva um momento histórico na política federal e estadual.
O prefeito, que se disse esperançoso com o futuro do país após as eleições, ressaltou a importância do que ele entende ser a “primeira vez na história” em que o município terá um interlocutor direto com a presidência da República e com o Governo do Estado.
Dr. Aluízio falou ainda sobre as boas expectativas para avançar em questões urgentes para a cidade, como o aeroporto, o novo Terminal Portuário (Tepor), e a exploração dos campos maduros, lembrando que este último item da pauta tem potencial para gerar um retorno do emprego ao município, devido a já possuir uma estrutura pronta para a produção de óleo e gás.
Sobre a questão do petróleo, o recém-eleito deputado federal garantiu que carregará no Congresso a "bandeira do ouro negro", numa referência a liderar uma “bancada do petróleo” na Câmara Federal, defendendo pautas referentes à indústria do setor não só na cidade, mas em toda a região.
O delegado, que chefiou a delegacia da PF em Macaé, falou ainda sobre temas polêmicos como o armamento da Guarda Municipal, que ele defende como medida no combate à violência urbana, aproveitando para defender também mudanças no Estatuto do Desarmamento, aumentando a possibilidade de armar a população.

Por fim, Felício Laterça prometeu trabalhar por pautas importantes para a cidade e a região, como o aumento do efetivo da Polícia Militar (PM) e uma maior integração das forças de segurança pública, a fim de combater a violência urbana no interior do Estado.


 

Mais lidas do mês